InternetData CenterAssinante

Sala dos Advogados é inaugurada no Presídio Santa Augusta

Espaço, projetado e estruturado, visa propiciar maior apoio ao exercício da advocacia
Sala dos Advogados é inaugurada no Presídio Santa Augusta
Foto: Divulgação
Por Heitor Carvalho Em 10/07/2018 às 18:18

Concretizando um antigo anseio, a OAB Subseção Criciúma inaugurou na tarde desta terça-feira, dia 10, a Sala dos Advogados no Presídio Regional de Criciúma (Santa Augusta).

O ato contou com a presença significativa de advogados e advogadas, incluindo o presidente da OAB Santa Catarina, Paulo Marcondes Brincas, como servidores da unidade prisional. O espaço, projetado e estruturado, visa propiciar maior apoio ao exercício da advocacia na unidade prisional.

Para o presidente da OAB Subseção Criciúma, Fábio Jeremias, a Sala dos Advogados é uma conquista de toda classe e muito comemorada pelos profissionais. “Representa um avanço e torna o trabalho mais humanizado e com mais conforto para que o advogado possa desenvolver sua atividade profissional. Agradecemos imensamente a disponibilização do espaço pela administração prisional, na pessoa do Rodrigo Ferreira, diretor do presídio. Para a OAB, esta inauguração tem um significado muito importante”, caracteriza.  

O presidente da Comissão de Assuntos Prisionais, Marco Antônio Colombi Zappelini, ressaltou a parceria da OAB com o Departamento de Administração Prisional (Deap), que é quem administra o presídio.

“O que demonstra o bom diálogo e a boa relação que há entra as duas instituições. O espaço é muito bem estruturado, com televisão, ar-condicionado e computador com acesso à internet, para que o advogado possa atuar com mais comodidade ou mesmo esperar para atender o seu cliente, como aguardar uma reunião, por exemplo”, explica.

O presidente da OAB Santa Catarina aproveitou a ocasião para afirmar que a Ordem catarinense é a mais bem estruturada do país.

“E a OAB de Criciúma segue com uma atuação extraordinária. Precisamos dar apoio à advocacia, principalmente a criminal, que é tão crucificada. Temos que sempre lembrar que ela é imprescindível para o Estado Democrático de Direito e assegura ao cidadão o direito ao tratamento justo. Sem este equilíbrio, não há Justiça”, declarou, acrescentado a importância da união com o Estado.

“Esta é a melhor forma de parceria e da qual se colhe os melhores frutos. Este espaço é um exemplo disso”, finalizou Brincas.

Colaboração: Talise Freitas / Apice 360º

Anúncio