InternetData CenterAssinante

Parque dos Imigrantes: Inauguração confirmada para dia 6 de janeiro

Redação do Portal Engeplus visitou o local nesta quinta-feira, dia 6
Parque dos Imigrantes: Inauguração confirmada para dia 6 de janeiro
Foto: Heitor Carvalho
Por Redação Engeplus Em 06/12/2018 às 17:09

Em comemoração aos 139 anos de colonização, a Prefeitura de Criciúma fará a inauguração do Parque dos Imigrantes, no Rio Maina, no dia 6 janeiro de 2019. Nesta quinta-feira, dia 6, a redação do Portal Engeplus visitou o local. Com o intuito de trazer lazer à população, o espaço terá em 61 mil metros quadrados: uma pista de caminhada, ciclovia, quadra poliesportiva, chancha de bocha labirinto verde, palco e uma tafona, que é um equipamento tradicional onde é fabricada a farinha de milho. A dupla sertaneja Thaeme e Thiago será a atração da inauguração.

O local já foi uma área de rejeitos de pirita e por isso foi feito um trabalho de recuperação ambiental conforme a secretária de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana de Criciúma, Kátia Smielevski. "Era uma área degrada e agora virou uma área de lazer disponível para todos. Assim como a Próspera foi valorizada com o Parque das Nações, o Rio Maina será valorizado com o Parque dos Imigrantes.

O terreno foi comprado pelo valor de  R$ 1 milhão. "Usamos boa parte e a outra será vendida, esperamos fazer R$ 5 milhões com a venda, e com isso construir uma UPA aqui no Rio Maina, além de mais três unidades de saúde em Criciúma", contou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. Ele aproveitou o momento para mencionar que a tafona que estará disponível no local faz referência a primeira indústria da cidade de Criciúma.

As áreas de lazer e investimentos

A pista de caminhada terá 1.200 metros disponíveis para a população e mais 800 metros para ciclovia. Além dos espaços culturais e esportivos, o parque terá um espaço especial para as crianças, com um parque de diversão cheio de opções para a família toda. Quadra poliesportiva e um campo de areia, quadras de basquete e quadras de vôlei. O Investimento tem o total de R$ 3,6 milhões, com recursos vindos do Governo do Estado. A construção da cancha de bocha será através do Governo Federal. Já a tafona receberá recursos vindos da Administração Municipal e parcerias.

O nome do Parque

O nome do parque é uma homenagem aos imigrantes que colonizaram Criciúma, as etnias italiana, alemã, espanhola, portuguesa, árabe, negra e polonesa. A atafona remete aos italianos. O espaço é para que famílias possam voltar às suas origens e fazer a sua própria farinha de mandioca.

No dia da inauguração as obras que estarão concluídas são: 

Pista de caminhada, ciclovia, palco, conjunto de banheiros com fraldário, atafona, roda da água de quatro metros de diâmetro, um campo de areia, uma quadra poliesportiva, uma quadra de vôlei, uma quadra de futevôlei, duas quadras de basquete, uma quadra de beach tennis, academia ao ar livre, playground, playground em formato de avião, espaço para bocha na areia, labirinto verde, uma ponte pênsil de arame que liga a rua Maria Teresinha da Silva Gregório até o parque, iluminação, estacionamento, estará 100% gramado e um pouco do paisagismo.

Obras que serão concluídas após o dia 6 de janeiro de 2019

Canchas de bocha, sede administrativa, pista de skate, quadra poliesportiva, restante do paisagismo e o espaço cedido para associação de criadores de canários.

Sobre o Labirinto Verde

O espaço terá mais de mil metros quadrados para diversão de crianças e adolescentes. A obra está orçada em R$ 217 mil, sendo o valor doação do empresário Antenor Angeloni. Para a construção do labirinto, o espaço receberá 1,6 mil mudas de Podocarpus Macrophyllus, planta utilizada para a formação de “cercas vivas”.As plantas podem chegar 1,80m. Além de conter uma placa explicativa com informações da planta.