InternetData CenterAssinante

HRA triplica número de cirurgias gerais em março

Média mensal antes de o Ideas assumir a gestão era de 30 procedimentos
HRA triplica número de cirurgias gerais em março
Foto: Divulgação
Por Bárbara Barbosa Em 29/03/2018 às 10:00

O mês de março foi de muito trabalho no centro cirúrgico do Hospital Regional de Araranguá (HRA), administrado desde janeiro pelo Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas) em parceria com o governo do Estado. Em 27 dias foram realizados 108 procedimentos apenas de cirurgia geral - não incluídas intervenções pediátricas, ginecológicas e outras especialidades. Somente no último final de semana, as equipes coordenadas pelos cirurgiões Julio Cezar Cechinel Filho e Marcos Eduardo Mezzomo da Silva fizeram 26 retiradas de vesícula biliar. 

A ação tem o objetivo de diminuir a fila do Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), explicou o diretor técnico do clínico do HRA, Eduardo Ali Dominguez. Uma nova ação está sendo planejada para abril. O Ideas assumiu a gestão do HRA no dia 11 de janeiro, em caráter emergencial, por um período de 180 dias. De acordo com o cirurgião Cechinel Filho, desde então as equipes estão mobilizadas para acabar com as filas de espera por cirurgias eletivas. Segundo ele, antes de o Ideas assumir, a média mensal de cirurgias eletivas no HRA não chegava a 30.

O Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde é uma Organização Social de atuação nacional e a maior do gênero em Santa Catarina, atualmente contando com cerca de 1,2 mil funcionários. 

São ao todo seis hospitais e três unidades de pronto atendimento 24 horas em Santa Catarina e na Bahia. “Somos parceiros do poder público para um atendimento humanizado, resolutivo e com maximização da utilização dos recursos disponíveis”, ressalta o presidente do Ideas, Roberto H. Benedetti, que é médico anestesiologista.

Colaboração: Marilene Rodrigues