InternetData CenterAssinante

Curso de Mediação Social de Conflitos reúne instituições e sociedade civil

Iniciativa partiu da Secretaria da Assistência Social e Habitação de Criciúma
Curso de Mediação Social de Conflitos reúne instituições e sociedade civil
Foto: Ana de Mattia / Prefeitura Criciúma
Por Redação Engeplus Em 13/09/2018 às 20:17

Com 180 pessoas de instituições sociais, Polícia Militar, Polícia Civil, agentes públicos e sociedade civil de Criciúma, o Curso de Mediação Social de Conflitos ocorreu nesta quinta-feira, dia 13, no Salão Ouro Negro, do Paço Municipal Marcos Rovaris. A iniciativa partiu da Secretaria da Assistência Social e Habitação que solicitou o curso ao Ministério dos Direitos Humanos, através da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

Conforme o gerente de projetos da Secretaria Executiva do Ministério dos Direitos Humanos e coordenador do curso de mediação, Rlick dos Santos, a capacitação passa por municípios e capitais brasileiras abordando os temas de racismo institucional, intolerância religiosa, xenofobia, bullying, violência contra as mulheres e jovens. “Os temas foram debatidos no período matutino, já a tarde, é trabalhado como se funciona a mediação social. Fizemos uma oficina de dinâmica práticas, onde os grupos solucionam, por meio de um mediador, o conflito e a solução dentro dos temas abordados”, explica.

Segundo a coordenadora da Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial de Criciúma (Copirc), Dainara Passos, a adesão do público criciumense foi positiva. A iniciativa faz parte da campanha ‘Racismo é crime. Denuncie!’, promovida pela Copirc. “Esse é um curso bem concorrido, tem estados com conflitos sociais até maiores que os nossos, mas eles optaram por vir a Criciúma. Buscamos promover a igualdade racial e essa é uma luta de todos. Esse é o papel da coordenadoria, promover e facilitar esse tipo de acesso”, ressalta.

O Curso de Mediação Social de Conflitos vai para a 23º edição com mais de 5 mil agentes públicos, lideranças religiosas e sociedade civil certificados em todo o Brasil. “O curso não visa reformar as técnicas da segurança, mas sensibilizar a sociedade a respeito dos temas”, comenta o diretor do Departamento de Igualdade Racial da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Rodrigo Barbosa.

O prefeito Clésio Salvaro prestigiou o curso e agradeceu a presença de todos, salientando a importância da capacitação no município. “Tenho certeza de que esse curso será muito importante na mediação dos conflitos. O período que vivemos é de muita intolerância, precisamos do diálogo e da conversa. Eu desejo que vocês saiam daqui bem melhores do que quando chegaram e a gente possa cada vez mais respeitar as diferenças e viver em paz”, destaca o prefeito.

Colaboração: Ana de Mattia / Prefeitura Criciúma