InternetData CenterAssinante

Animais são vítimas de envenenamento em Siderópolis

Entre os casos registrados, dois animais morreram na manhã desta sexta, 3
Animais são vítimas de envenenamento em Siderópolis
Foto: Camila Valdati
Por Jessica Rosso Em 03/08/2018 às 14:20

O Instituto de Defesa dos Direitos dos Animais de Siderópolis (Iddasi) registrou o recorde de animais, vítimas de envenenamento,  no bairro Rio Fiorita, em Siderópolis. De dezembro de 2017 até agosto deste ano, foram encontrados 15 animais que precisaram de atendimento em uma clínica veterinária. 

Na manhã desta sexta-feira, 3, o Iddasi foi acionado por uma moradora do bairro, que teve cinco animais vítimas de envenenamento, destes, três morreram, e dois foram encaminhados para atendimento na clínica, em Criciúma. 

De acordo com a voluntária do Iddasi Jéssica Lúcia Destro, muitos destes animais, que são vítimas e moram nas ruas acabam sendo encaminhados pelo Instituto para receberem o atendimento adequado, entretanto, não há recursos destinados para isso. "O Instituto conta com a colaboração das comunidades para ajudar os animais", explicou.

De acordo com a Lei Federal 9.605/98:  praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, resulta na pena de detenção, de três meses a um ano, e multa. Em caso de morte do animal a pena é aumentada de um sexto a um terço. Denúncias podem ser realizadas acionando a polícia pelo 190.