navegue nos blocos da capa

Geral

Forquilhinha

Vinda da Passaredo Linhas Aéreas para a região dá mais um passo

Presidente da Acic se reuniu com representantes da companhia nesta segunda-feira, dia 13

14
NOV
2017
| 08h19
08h19
Debora Correa
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
arquivo engeplus

A busca pelo retorno dos voos comerciais para o Aeroporto Diomício Freitas, em Forquilhinha, avançou nessa semana com a possibilidade da vinda da Passaredo Linhas Aéreas. No fim da tarde dessa segunda-feira, dia 13, o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), César Smielevski, acompanhado do administrador da Petrobras no Aeroporto Diomício Freitas, Kleber Luiz Fernandes, por meio de uma teleconferência, conversou com o diretor de malha aérea da Passaredo, William Agatz, e também com o diretor comercial da RDL Aeroportos, André Constanzo.

“Estamos agendando uma visita em Ribeirão Preto com o diretor de malha aérea e com o presidente da companhia onde passaremos a necessidade e a demanda da região com a possibilidade de viabilizarmos, preferencialmente, um voo matutino com o retorno noturno. Possivelmente, este voo será Criciúma - Guarulhos, onde a Passaredo opera. Hoje, já temos um voo Congonhas, Campinas e um seria, possivelmente, Guarulhos”, detalha o presidente da Acic.

A RDL Aeroportos, que administra o Aeroporto Diomício Freitas, já está estudando as exigências técnicas para a possível vinda da Passaredo Linhas Aéreas.

A mobilização da Acic pela retomada dos voos surgiu da preocupação com a demanda da região de Criciúma. “Antes podíamos cumprir compromissos em São Paulo com viagem de ida e volta no mesmo dia, hoje não é possível”, explica Smielevski. Ele lembra ainda, que a dificuldade começou quando o Aeroporto Diomício Freitas deixou de ter voos comerciais, e piorou com a redução do número de voos no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna.

Hoje, os empresários e população do Sul contam apenas com um voo que sai de Jaguaruna às 11h45, para Congonhas (SP), da TAM, e outro que sai às 15h35 de Jaguaruna, da Azul, para Viracopos (SP).

(Colaboração: Deize Felisberto / Comunicação Acic) 

Leia mais sobre: forquilhinha, aeroporto, voos
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Studio Voga promove a magia com Espetáculo Velha InfânciaA excelência dos vinhos da serra catarinense e da gastronomia à mesaNovos serviços ou até venda no futuro do ComplexoO alto risco de não ter TV no Catarinense 2018Tarde de orientação e prevenção aos agricultoresAlça do Anel Viário com asfalto só em 2018