navegue nos blocos da capa

Geral

Aeroporto

Passado o susto, a volta à normalidade em Jaguaruna

Próximos voos estão confirmados sem sobressaltos, depois do incidente da manhã

20
MAR
2017
| 17h35
17h35
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Arquivo Engeplus

Depois do susto da manhã, quando o primeiro voo da segunda-feira teve que ser cancelado por um incêndio na área de tecnologia e informática, no setor de administração do Aeroporto Regional Sul Humberto Bortoluzzi, as operações voltaram ao normal em Jaguaruna.

 “Tivemos um princípio de incêndio na área de tecnologia e informática, na administração”, comentou o gerente de navegação aérea da RDL Aeroportos, Pedro Luiz Machado. “Ficou debilitada a parte de internet, já restabelecida, e a telefonia”, detalhou.

Por falta de internet para os procedimentos dos passageiros, o voo das 6h05min operado pela Azul foi suspenso. “Transferimos os passageiros para Florianópolis e a aeronave partiu vazia, para cumprir a sua rota”, informou o gerente. Houve problemas ainda com os voos com chegada às 14h10min e saída às 14h40min da Azul, também cancelados nesta segunda. Já o voo da Latam com saída de Congonhas às 10h05min foi retardado para 11h46min com destino a Jaguaruna. A viagem de retorno partiu normalmente às 13h40min com chegada às 14h52min na capital paulista

O desembarque das 23h desta segunda do voo da Azul, proveniente de Viracopos, está confirmado, bem como a partida das 6h05min desta terça-feira.

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Torcida comemora despedida com vitória sobre a ChapeTigre fecha Estadual com vitória contra a ChapeCerca de 1,5 mil estudantes participam da Maratoninha Caixa No lugar do capim, nasceu um lugar de salvaçãoVÍDEO: Após sete décadas, Criciúma dá adeus ao Café RioVice cita humildade e faz anúncio para Içara