InternetData CenterAssinante

Espigão da Pedra cobra investimento do Estado

Espigão da Pedra cobra investimento do Estado
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 01/08/2017 às 23:00

O presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso (PP), encaminhou recentemente um ofício ao deputado estadual, José Milton Scheffer (PP), solicitando que o mesmo interferisse junto ao governo do Estado e a secretaria de Segurança Pública para buscar informações sobre a elaboração do Projeto de Impacto Ambiental  e de Vizinhança das obras de ampliação da Penitenciária Sul e de construção Centro de Atendimento Sócio Educativo (CASE), na divisa entre os municípios de Araranguá e Criciúma.

Segundo o presidente, é necessário ter os dados apontados no possível estudo de impacto ambiental e de vizinhança para que a devidas providências sejam tomadas. "Estamos aguardando a resposta para ter em mãos a forma como o governo deliberou sobre o assunto e assim defender os interesses dos moradores de Araranguá que reclamam destas obras", justificou.

Ofício ainda sem resposta

A resposta ao ofício ainda não foi dada, mas assim que acontecer, uma comitiva de vereadores visitará os moradores da comunidade para conhecer a situação in loco. A ida ao Espigão da Pedra estava agendada para esta semana, mas ainda não foi confirmada pela presidência da casa, já que é entendimento comum que seja analisado antes os estudos solicitados.

A cobrança da comunidade

Na semana passada, moradores da comunidade de Espigão da Pedra estiveram na Câmara de Vereadores pedindo que os vereadores lhes apoiassem na reivindicação por medidas compensatórias em razão das obras. Espigão da Pedra é divisa com Criciúma, onde também estão as instituições de segurança. O município vizinho reclama as mesmas providências.

Os moradores deverão participar da sessão do próximo dia 9 de Agosto, para debater o assunto com os 15 vereadores araranguaenses. No dia 17, haverá uma audiência pública em Criciúma, com a participação de representantes do governo do Estado, que possivelmente contará com a presença das lideranças do Legislativo local. 

(Colaboração: Morgana Daniel)