navegue nos blocos da capa

Geral

Miss T Brasil

Criciúma tem representante no maior concurso de beleza transexual do Brasil

Júlia Volp, de 19 anos, está entre as selecionadas para participar do evento em São Paulo

13
JAN
2017
| 13h23
13h23
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Douglas Saviato

Pela primeira vez na história, Criciúma terá uma representante no Miss T Brasil, concurso que escolherá a transexual ou travesti mais bonita do país. Natural de Morro da Fumaça, mas moradora do bairro Jardim Angélica, de Criciúma, Júlia Volp, de 19 anos, é umas das selecionadas da 17ª edição do concurso.

As candidatas se inscreveram através do site do Miss T Brasil e foram selecionadas pela organização do evento. Até o momento, em torno de 20 transexuais e travestis foram aprovadas para o concurso a ser realizado em São Paulo em uma data ainda não definida no mês de março.

A grande vencedora ganhará como premiação a possibilidade de fazer, entre outros procedimentos, a cirurgia de mudança de sexo na Tailândia. Além disso, a ganhadora estará credenciada para representar o Brasil no Miss Mundo Transex realizado também na Tailândia.

Para participar da competição, é preciso investir R$ 1,1 mil no valor da inscrição. As candidatas ficarão durante três dias em um hotel em São Paulo passando por testes, desfiles, ensaios fotográficos até a divulgação do resultado no último dia. O deslocamento até a competição também é de responsabilidade das participantes.

“Para ser selecionada enviei algumas fotos, as medidas do meu corpo e um vídeo falando um pouco sobre mim. Três semanas depois me ligaram dizendo que estava entre as selecionadas. Agora estou correndo atrás para reunir este valor e participar da competição”, conta Júlia.

Apoio da família

A representante de Criciúma destaca que o concurso reforça a valorização das transexuais e travestis, que, na maioria das vezes, estão à margem da sociedade. “Graças a Deus tenho o apoio da minha família, todos me respeitam e me aceitam como sou. A maioria não recebe este apoio dentro de casa, reflexo da nossa sociedade ainda conservadora”, avalia.

Para Júlia, as transexuais e travestis, assim como qualquer pessoa, precisam dar o respeito e ser respeitadas. “Eu respeito a todos e espero que o mesmo aconteça comigo, talvez, por isso, não sofra tantos preconceitos. Seja no dia a dia ou em uma entrevista de emprego sou tratada como Júlia”, complementa.

Júlia iniciou sua transição aos 15 anos, quando começou a tomar hormônios e, desde então, vive como uma mulher. A jovem ainda possui a documentação com o seu nome de batismo, mas já começou a dar os primeiros passos com a ajuda de um advogado para a realização da mudança.

Auxílio para o concurso

Júlia diz que está ansiosa para a participação no concurso. Caso conquiste o título, a representante pretende fazer a cirurgia de mudança de sexo. “Este prêmio da competição é opcional, a candidata pode não realizá-lo, mas eu gostaria de fazê-lo”, afirma.

Em Santa Catarina, além de Júlia uma outra candidata do Oeste está entre as selecionadas. A jovem conta com a torcida de toda a região para o melhor desempenho em São Paulo e pede a colaboração de quem puder ajudar. “Toda ajuda é bem vinda seja com roupas, acessórios, cabelo, maquiagem ou financeiro. Ficarei muito contente”, frisa.

Todas as candidatas receberão uma faixa com o nome da sua respectiva cidade. “Quero muito poder representar Criciúma com muito orgulho e da melhor maneira possível”, salienta. Além da preparação na competição, Júlia está abrindo uma microempresa de customização de calçados e é estudante técnica do curso de auxiliar administrativo.

O telefone de contato de Julia Volp é 9.9646-8496

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Morro da Fumaça, a mais castigada pelo temporalChuva forte desta tarde provoca alagamentosVÍDEO: Funcionários, voluntários e comunidade abraçam o São JoséAs saladas das mãos do seu Vitório para as mesasEstudantes plantam árvores para recuperar nascente em Nova VenezaDupla atira e incendeia ônibus e causa pânico em passageiros