InternetData CenterAssinante

Cheiro ruim e buracos nas ruas na pauta da Casan

Presidente Valter Gallina esteve com o prefeito Clésio Salvaro discutindo problemas na cidade
Cheiro ruim e buracos nas ruas na pauta da Casan
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 01/02/2017 às 20:15

O presidente da Casan, Valter Gallina, visitou nesta quarta-feira a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Santa Luzia, em Criciúma, acompanhado do prefeito Clésio Salvaro e de vereadores. Houve nova cobrança de solução para o cheiro ruim exalado da estrutura. “É um problema antigo”, lembrou Salvaro.

Gallina, em resposta, frisou que a companhia já investiu mais de R$ 4 milhões em equipamentos para filtrar os efluentes e diminuir o odor. “O investimento é alto e o tratamento semelhante ao que planejamos para a nova estação de Criciúma”, citou, fazendo menção à ETE da Vila Selinger.

Sobre a nova estação, que será alvo de investimento superior a R$ 24 milhões e servirá a 33 mil moradores de nove bairros, audiências públicas serão realizadas, e a comunidade da Vila Selinger já requer medidas compensatórias. Uma delas é a pavimentação do acesso à estação e ao bairro.

Os necessários reparos em ruas danificadas pela Casan também foram cobrados pelo prefeito, bem como a fiscalização do esgoto irregular dentro do programa Se Liga na Rede. “Queremos um convênio para receber repasse mensal da Casan e utilizar o dinheiro para reparar as ruas. Hoje, o processo é demorado”, reclamou o prefeito.