navegue nos blocos da capa

Geral

Compra da sede

Casa Guido e Casan iniciam parceria solidária

Por meio da conta de água, comunidade poderá fazer doação mensal à instituição

18
JUN
2017
| 16h23
16h23
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Mayara Cardoso

Em mais uma ação em prol da arrecadação de recursos para a compra de sua sede, a Casa Guido, de Criciúma, está iniciando, nesta semana, seu serviço de telemarketing. Essa será a primeira vez que a instituição trabalhará com o contato individual com possíveis doadores através de telefonemas.

Para isso, a Casa Guido tem uma grande parceira: a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Colaboradoras da instituição entrarão em contato com residências das cidades atendidas pela companhia em toda a região fazendo o pedido de que, por meio de suas faturas de água, cada um acrescente um valor a ser repassado para a Casa.

Conforme a responsável pelo marketing da entidade e coordenadora do novo setor, Maíra Sartor, esse será um meio seguro, fácil e prático de as pessoas contribuírem com a causa. “Elas farão a explicação do projeto e cada um poderá aceitar acrescentar valores a sua escolha nas suas faturas estipulando também o período em que fará as doações, sendo que esse montante será mensalmente repassado para nossa conta especial da compra da casa”, explica.

A forma de concretizar a doação, de acordo com Maíra, é muito simples. “Basta que a pessoa tenha em mãos o número da sua fatura da Casan e o seu CPF. Com esses dados podemos cadastrar o doador e efetivar o início dos repasses”, detalha.

Para ela, essa parceria tem tudo para ser um grande sucesso, sendo uma aposta importante da instituição. “Estamos acreditando muito que as pessoas irão se solidarizar com a causa e aceitarão fazer esse acréscimo em suas contas. Todo o valor fará uma grande diferença em nosso objetivo final e pode não pesar no bolso, já que é de forma fracionada”, completa.

Os interessados em conhecer melhor o projeto e iniciar também as doações mensais por meio das faturas podem entrar em contato pelo telefone (48) 3433-3270, contato direto do setor de telemarketing, em horário comercial.

Cuidado necessário

Por já ter sofrido com a atuação de pessoas oportunistas que utilizaram o nome da Casa Guido para angariar recursos de maneira falsa, a instituição considera necessário o alerta para que tais casos não voltem a acontecer.

“Não trabalhamos com o tipo de telemarketing em que fazemos o contato e um motoboy vai até a casa das pessoas buscar o dinheiro. Nosso pedido será exclusivamente de doações por meio das faturas da Casan, não havendo qualquer recolhimento de valores nas residências”, alerta Maíra.

Colaboração: Mayara Cardoso/Comunicação Casa Guido

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Alunos realizam visitas guiadas aos laboratórios do Colégio UniversitárioQuatro empresas na licitação da SC-445De Criciúma, a mobilização pelo PRONA em SCPrefeito aponta desespero da cidade sem a JBSJovem fica gravemente ferida após capotamentoMais de 50 mil km sobre duas rodas