navegue nos blocos da capa

Geral

criciúma

Cáritas Diocesana emite nota de apoio e convoca população para greve geral

26
ABR
2017
| 08h56
08h56
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
divulgação

A Cáritas Diocesana de Criciúma divulgou na tarde dessa terça-feira, dia 25, uma nota de apoio à mobilização geral contra as reformas da previdência. Os membros do organismo da igreja estiveram reunidos, na sede da Cáritas, onde decidiram por reiterar a mesma posição já defendida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelo Conselho Federal de Economia.

Ao final da mensagem, a Cáritas convoca todos a integrarem as mobilizações que ocorrerão nesta sexta-feira, dia 28, em Criciúma (às 8 horas, concentração inicial no Terminal do Pinheirinho) e nos demais municípios. Quem assina a nota é o presidente da Cáritas, padre Wilson Buss

Nota de apoio à mobilização geral contra as reformas:

Criciúma, 24 de abril de 2017

"Não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais, para crises que vão muito além da esfera meramente financeira" (Papa Francisco). 

A CÁRITAS DIOCESANA DE CRICIÚMA, reunida no dia 24 de abril de 2017, reitera a Nota da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB e o Conselho Federal de Economia-COFECON, POR UMA PREVIDÊNCIA SOCIAL JUSTA E ÉTICA, que diz: "Conscientes da importância da Previdência Social para o povo brasileiro e preocupados com a proposta de reforma encaminhada pelo Executivo ao Congresso Nacional, vêm, conjuntamente, reiterar sua posição sobre a Reforma da Previdência-PEC 287/2016". 

A Cáritas Diocesana de Criciúma, tem o compromisso evangélico com os excluídos e excluídas da sociedade, os mais pobres e os trabalhadores e trabalhadoras, justamente aqueles que serão primeiramente afetados com as "reformas da maldade" proposta por este do governo. 

Neste sentido, vimos a público reafirmar que não aceitamos que novamente os mais pobres, homens e mulheres, sejam os penalizados pela ganância de alguns que sempre estiveram em situação de privilégios na sociedade, e ao mesmo tempo, nos posicionar contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a Terceirização.

E por entendermos que o atual governo "escolhe o caminho da exclusão social" e joga milhares de famílias, mulheres, idosos e crianças na miséria, CONVOCAMOS a todos e todas para unirmos força no próximo dia 28 de abril de 2017 na MOBILIZAÇÃO GERAL "contra as reformas": em Criciúma através da concentração que se inicia no Terminal do Pinheirinho em frente à UNESC às 08:00h, e nos demais municípios, através de outras formas de Mobilização. 

Pe. Wilson Buss
Presidente da Cáritas Diocesana de Criciúma

 

Leia mais sobre: geral, cáritas, diocesana
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Seminário da Diversidade reúne 100 pessoas, em CriciúmaFesta junina embala participantes do Programa Ritmo e Saúde15ª Feijoada do Bairro com a Câmara da Mulher EmpresáriaAtualizada: Motociclista morre após colisão com automóvelFeijoada movimenta o sábado solidário no Bairro da JuventudeResidencial geriátrico será inaugurado em Içara