navegue nos blocos da capa

Geral

criciúma

Cáritas Diocesana emite nota de apoio e convoca população para greve geral

26
ABR
2017
| 08h56
08h56
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
divulgação

A Cáritas Diocesana de Criciúma divulgou na tarde dessa terça-feira, dia 25, uma nota de apoio à mobilização geral contra as reformas da previdência. Os membros do organismo da igreja estiveram reunidos, na sede da Cáritas, onde decidiram por reiterar a mesma posição já defendida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelo Conselho Federal de Economia.

Ao final da mensagem, a Cáritas convoca todos a integrarem as mobilizações que ocorrerão nesta sexta-feira, dia 28, em Criciúma (às 8 horas, concentração inicial no Terminal do Pinheirinho) e nos demais municípios. Quem assina a nota é o presidente da Cáritas, padre Wilson Buss

Nota de apoio à mobilização geral contra as reformas:

Criciúma, 24 de abril de 2017

"Não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais, para crises que vão muito além da esfera meramente financeira" (Papa Francisco). 

A CÁRITAS DIOCESANA DE CRICIÚMA, reunida no dia 24 de abril de 2017, reitera a Nota da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB e o Conselho Federal de Economia-COFECON, POR UMA PREVIDÊNCIA SOCIAL JUSTA E ÉTICA, que diz: "Conscientes da importância da Previdência Social para o povo brasileiro e preocupados com a proposta de reforma encaminhada pelo Executivo ao Congresso Nacional, vêm, conjuntamente, reiterar sua posição sobre a Reforma da Previdência-PEC 287/2016". 

A Cáritas Diocesana de Criciúma, tem o compromisso evangélico com os excluídos e excluídas da sociedade, os mais pobres e os trabalhadores e trabalhadoras, justamente aqueles que serão primeiramente afetados com as "reformas da maldade" proposta por este do governo. 

Neste sentido, vimos a público reafirmar que não aceitamos que novamente os mais pobres, homens e mulheres, sejam os penalizados pela ganância de alguns que sempre estiveram em situação de privilégios na sociedade, e ao mesmo tempo, nos posicionar contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a Terceirização.

E por entendermos que o atual governo "escolhe o caminho da exclusão social" e joga milhares de famílias, mulheres, idosos e crianças na miséria, CONVOCAMOS a todos e todas para unirmos força no próximo dia 28 de abril de 2017 na MOBILIZAÇÃO GERAL "contra as reformas": em Criciúma através da concentração que se inicia no Terminal do Pinheirinho em frente à UNESC às 08:00h, e nos demais municípios, através de outras formas de Mobilização. 

Pe. Wilson Buss
Presidente da Cáritas Diocesana de Criciúma

 

Leia mais sobre: geral, cáritas, diocesana
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
O brilho dos talentos no Unesc em DançaEm Nova Veneza, Fontana e mais oito personalidades são homenageadosTricolores dão resposta e superam os coloradosCriciúma 2x3 Inter e um baita jogo no HHPMDB elege nova Executiva em CriciúmaCasaPronta é opção para toda a família