navegue nos blocos da capa

Geral

Criciúma

ADR assina Termo de Cooperação Técnica com Apae’s

16
JUL
2017
| 10h44
10h44
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma assinou nesta semana o Termo de Cooperação Técnica com as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae's) e entidades congêneres dos 12 municípios da região carbonífera. O convênio, que é assinado anualmente entre Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), ADR e entidades, garante a contratação do professor de sala de aula, de informática e educação física, além do diretor, secretário e orientador, conforme número de alunos por instituição. O evento contou com a participação das 10 Apae’s da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) e três entidades congêneres - Instituto de Educação Especial Diomício Freitas, Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA) de Criciúma e Associação dos Deficientes Visuais do Sul (Advisul).

Para a presidente do Instituto Diomício Freitas, Maria Inês Conti, a ADR desenvolve papel fundamental por estar próxima da instituição. “Como somos uma entidade congênere, não conseguimos captar outros recursos como a Lei Júlio Garcia através do Fundo Social. É este termo que vai garantir o nosso funcionamento e a ADR está próxima dando agilidade no processo, pois conhece nossa entidade, torna algo real e não distante de Florianópolis”, enalteceu.

Convênio para custeio e manutenção tem acréscimo de 40%

Além do Termo de Cooperação Técnica, as Apae’s recebem mensalmente outro convênio através do Fundo Social. Neste ano, o Governo do Estado está destinando R$ 1,5 milhão, para o custeio e manutenção das instituições que atendem mais de 1182 alunos especiais na região.

No ano passado, a ADR repassou R$ 1,1 milhão em convênios com as entidades, tendo um acréscimo de aproximadamente 40% neste ano. “Nosso trabalho é realizar esta ponte entre a FCEE e as entidades, dando maior agilidade em todo o processo, além de acompanhar, supervisionar e dar o suporte necessário para as instituições que recebam estes convênios”, explicou o secretário Executivo da ADR, João Fabris.

O presidente da Apae de Lauro Muller, José Eloir Martins, fez questão de salientar o trabalho da ADR em Criciúma. “Esta é uma das ADR’s mais organizadas do Estado. Nossos convênios são pagos em dia e isso se deve a preocupação da Agência. Quando não tínhamos o governo descentralizado, precisávamos ir e voltar a Florianópolis diversas vezes até selar o contrato e isso se torna um custo inviável para a Apae”, revelou.

Colaboração: Paula Darós Darolt/Comunicação ADR Criciúma

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Semana da Baleia Franca começa nesta quinta-feiraGaleria de arte da Acic recebe nova exposiçãoVÍDEO: O terceiro ciclo econômico: do carvão à prestação de serviços e ao comércioVÍDEO: Saiba como separar o seu resíduo e como eles chegam aos catadoresJogadores do Tigre visitam alunos da Educação InfantilExposição Arte, Cultura e Tatuagem chega ao Nações Shopping