navegue nos blocos da capa

Geral

Criciúma

ADR assina Termo de Cooperação Técnica com Apae’s

16
JUL
2017
| 10h44
10h44
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma assinou nesta semana o Termo de Cooperação Técnica com as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae's) e entidades congêneres dos 12 municípios da região carbonífera. O convênio, que é assinado anualmente entre Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), ADR e entidades, garante a contratação do professor de sala de aula, de informática e educação física, além do diretor, secretário e orientador, conforme número de alunos por instituição. O evento contou com a participação das 10 Apae’s da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) e três entidades congêneres - Instituto de Educação Especial Diomício Freitas, Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA) de Criciúma e Associação dos Deficientes Visuais do Sul (Advisul).

Para a presidente do Instituto Diomício Freitas, Maria Inês Conti, a ADR desenvolve papel fundamental por estar próxima da instituição. “Como somos uma entidade congênere, não conseguimos captar outros recursos como a Lei Júlio Garcia através do Fundo Social. É este termo que vai garantir o nosso funcionamento e a ADR está próxima dando agilidade no processo, pois conhece nossa entidade, torna algo real e não distante de Florianópolis”, enalteceu.

Convênio para custeio e manutenção tem acréscimo de 40%

Além do Termo de Cooperação Técnica, as Apae’s recebem mensalmente outro convênio através do Fundo Social. Neste ano, o Governo do Estado está destinando R$ 1,5 milhão, para o custeio e manutenção das instituições que atendem mais de 1182 alunos especiais na região.

No ano passado, a ADR repassou R$ 1,1 milhão em convênios com as entidades, tendo um acréscimo de aproximadamente 40% neste ano. “Nosso trabalho é realizar esta ponte entre a FCEE e as entidades, dando maior agilidade em todo o processo, além de acompanhar, supervisionar e dar o suporte necessário para as instituições que recebam estes convênios”, explicou o secretário Executivo da ADR, João Fabris.

O presidente da Apae de Lauro Muller, José Eloir Martins, fez questão de salientar o trabalho da ADR em Criciúma. “Esta é uma das ADR’s mais organizadas do Estado. Nossos convênios são pagos em dia e isso se deve a preocupação da Agência. Quando não tínhamos o governo descentralizado, precisávamos ir e voltar a Florianópolis diversas vezes até selar o contrato e isso se torna um custo inviável para a Apae”, revelou.

Colaboração: Paula Darós Darolt/Comunicação ADR Criciúma

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Os desafios e necessidades para o futuro do Rio MainaFestival de Ofertas Forauto terá food trucks e exposição de carros antigosÚltimos filmes de Piratas do Caribe perdem o fôlego, mas não estragam a franquiaA chance de Márcio Búrigo deixar o PPFestival de Corais mostra talentos na primeira noiteVozes do Show de Talentos cantam e encantam na primeira seletiva