InternetData CenterAssinante

A Loja Reversa arrecada cerca de mil peças

Três entidades foram beneficiadas com as doações
Por Amanda Garcia Ludwig Em 30/05/2016 às 15:19

Foram seis dias de solidariedade e aproximadamente mil peças arrecadadas durante a 3ª edição do projeto A Loja Reversa, de iniciativa da Faculdade Senac em parceria com o Criciúma Shopping. Roupas, calçados e cobertores foram entregues na noite deste domingo a três entidades: Central Solidária e Asilo Feistauer, em Criciúma, e Cruz Vermelha de Araranguá.
 
A Central Solidária recebeu peças infantis e cobertores, já o asilo, no bairro Jardim Angélica, solicitou casacos e agasalhos pesados. Mas o maior número de donativos será distribuído a famílias em situação de vulnerabilidade social, em Araranguá e região. Mais do que a quantidade, foi a qualidade das peças que surpreendeu os organizadores.
 
“É um projeto que tem ajudado a mudar a cultura de doações na região. Estamos satisfeitos com o resultado, pois 100% das peças serão aproveitadas, o que comprova a efetividade da ação”, comemora o coordenador de educação básica da Faculdade Senac em Criciúma, Aislan Hainzenreder.
 
A 3ª edição do projeto A Loja Reversa contou com o apoio das empresas Bera D’Agua, Delta Print e Artisan, além da participação dos alunos do curso de Consultoria em Moda da Faculdade Senac, que auxiliaram no recebimento e triagem das peças. Bloggers e formadores de opinião assinaram looks e ajudaram na disseminação do projeto solidário.
 
“Agradecemos a colaboração de todos, em nome das famílias beneficiadas neste inverno. Esperamos que o projeto ajude a manter o espírito solidário em nossa sociedade em todas as estações do ano”, pontua a gerente de marketing do Criciúma Shopping, Deize Schetz.

Colaboração: Carol Bortot / Nazário e Bortot Comunicação