InternetData CenterAssinante

Detergentes geraram espuma poluente, revela Fundai

Agente poluidor chegou a seis vezes acima do limite de 0,5 mg/l permitido
Detergentes geraram espuma poluente, revela Fundai
Foto: Arquivo Fundai / Engeplus
Por Redação Em 09/11/2015 às 19:40

Detergentes e saponáceos causaram a contaminação do Rio Três Ribeirões em outubro, segundo laudo divulgado nesta segunda-feira por técnicos da Fundação de Meio Ambiente de Içara. O diagnóstico apontou a presença de "superfactantes" em cinco dos nove pontos analisados.

O agente poluidor, segundo o biólogo da Fundai, Ricardo Garcia, chegou a 2,9 mg/l ou seis vezes acima do limite de 0,5 mg/l. "Toda a bacia foi mapeada desde o limite com Criciúma do bairro Marili à SC-445 numa extensão de 460 metros e por isso solicitamos a parceria da Famcri", sublinhou ele.

Segundo o presidente da Fundai, Tomás Manoel Cardoso, o produto causador da poluição foi despejado num percurso onde atuam 10 empresas. "Identificado-se a empresa, ela será multada entre R$ 5 mil e R$ 50 milhões, além de sujeita a embargo temporário ou definitivo", detalhou.

(Colaboração: Comunicação Içara)