InternetData CenterAssinante

Tráfico humano será tema de estudos diocesanos

Tema da Campanha da Fraternidade 2014 pauta dois encontros esta semana em Içara e Araranguá
Tráfico humano será tema de estudos diocesanos
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 12/02/2014 às 09:12

A Diocese de Criciúma e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove nesta semana, em Criciúma, dois dias de estudo sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2014, “Fraternidade e Tráfico Humano” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Segundo pesquisa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 20,9 milhões de pessoas são traficadas no mundo todo, vítimas do trabalho forçado, da exploração sexual e da extração de órgãos.

O primeiro dia de estudo será promovido nesta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, no Auditório da Paróquia São Donato, em Içara, e o segundo, no sábado, dia 15, no Teatro Célia Belizária, em Araranguá. As atividades contarão com a participação de padres, religiosas e leigos de todas as paróquias da Diocese, organizados em dois grandes grupos e conduzidos pela Coordenação Diocesana de Pastoral, que contará com a colaboração de profissionais ligados ao Ministério do Trabalho, Polícia Federal, Polícia Civil e representantes de organizações de combate a prostituição e ao uso e tráfico de drogas. Nas duas ocasiões, os participantes dos estudos poderão conhecer mais acerca da realidade regional e, no final de cada encontro, definir as prioridades de trabalho para o ano. As atividades iniciam às 08h30min e findam por volta de 15h30min.

A escolha do tema da Campanha da Fraternidade 2014 é fruto de uma proposta de Grupos de Trabalho de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e de Combate ao Trabalho Escravo, junto à Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) e a entidades ligadas à Pastoral da Mobilidade Humana.

Colaboração: Bibiana Pignatel Baesso / Comunicação Diocese de Criciúma