InternetData CenterAssinante

Na virada do ano, combine espumante com refeição

Harmonizar alimento e bebida resulta em melhor aproveitamento do espumante
Na virada do ano, combine espumante com refeição
Foto: Divulgação
Por Amanda Garcia Ludwig Em 31/12/2019 às 16:10

Já é tradição brasileira que em festas de final de ano uma garrafa de champanhe seja aberta para comemorar o novo ano. O gerente da vinícola Casa del Nonno, Matheus Damian, explica que para aproveitar melhor o gosto dos espumantes é preciso fazer as combinações entre a bebida e a comida, de forma que ela fique harmônica. Entretanto, todas as comidas podem ser servidas com algum tipo de espumante. "Ele combina com tudo. Hoje em dia é visto como o rei dos vinhos", afirma Damian.

O gerente explica que, primeiro, é necessário ter o cuidado para não confundir a cidra e os fermentados de maçã com o champanhe. "Depois é só olhar as classificações e escolher a combinação. Por exemplo, um espumante leve não combina com carne vermelha. O espumante doce é recomendado com comidas doces. Um leve pode cair bem com uma salada ou um risoto, e os espumantes mais estruturados podem ir com carnes. O espumante da uva goethe combina com frutos do mar. Nessa onda de comida japonesa, esse espumante vai muito bem", explica. 

Neste final de ano a venda de champanhe aumentou. "Já é uma tradição do povo brasileiro. Nesta época a venda de vinho cai um pouco e a de espumantes sobe. O brasileiro associa bastante o final de ano com o espumante, mas isso tem mudado. O champagne já está entrando no cardápio em outras comemorações, mas no Ano Novo é preciso brindar com uma garrafa", se diverte Damian. 

Matéria originalmente publicada no Portal Engeplus dia 31 de dezembro de 2012.