navegue nos blocos da capa

Games

Game Review

VÍDEO: Super Mario Run - Análise e Gameplay jogando pela primeira vez

Finalmente para Android

17
ABR
2017
| 08h00
08h00
Canal do Fim do Mundo
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Antes somente para quem tinha iOS no IPhone e no Ipad. No entanto, foi lançado no último dia 23 de março para o sistema Android, o tão esperado Super Mario Run.

Com o mesmo papinho envolvente e de pura nostalgia de sempre (hehehe), a princesa Cogumelo (em inglês ela é chamada de princesa Peach, que seria pêssego) resolve dar uma festa em seu castelo, pelo menos, desta vez, com um bolo. E como sempre, com a pior guarda real da história dos games, ela é sequestrada pela quaquagéssima vez por Koopa (Bowser). E aí ela grita me salva e o Mário vai correndo atrás.

Confira no vídeo nossa análise e gameplay jogando pela primeira vez.

Assistir mais tarde (<= Envie para o seu e-mail para ver em casa ou no celular).

Inscreva-se e aperte na engrenagem/sineta no Canal do Fim do Mundo para receber notificações dos próximos vídeos.

A Nintendo libera inicialmente 4 fases para jogar. Quem quiser tudo vai ter que pagar nada mais e nada menos que R$ 35. A princípio, parece que vale a pena.

As novidades ficam pela própria nova jogabilidade simples com uma mão só no estilo sempre correndo, coletar as moedas rosas e de outras cores, além de desafios de corridas com adversários on line, tudo podendo ser integrado a sua conta Nintendo ou do Facebook

E nada como matar a saudade de vários elementos dos jogos antigos como Super Mario Bros 1, 2 e 3, Super Mario World e outros: temos os goombas, tartatugas (koopa troopa), canos, moedas, blocos, as músicas, cogumelo do crescimento, a estrela da invencibilidade, o personagem cogumelo Toad, e até a bandeirinha final da fase! Sem contar com todos os outros elementos clássicos de cenário.

Lembrando que você tem que estar conectado a Internet para poder jogar, pois conteúdos e fases são baixados o tempo todo.

E aí, bora correr?

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Quando a tecnologia é usada para transformar mundosBombeiros combatem incêndio em sala de alvenariaMotorista colide veículo contra o muro do Corpo de BombeirosSeminário da Diversidade reúne 100 pessoas, em CriciúmaFesta junina embala participantes do Programa Ritmo e Saúde15ª Feijoada do Bairro com a Câmara da Mulher Empresária