InternetData CenterAssinante

Sucesso em Criciúma, ‘drive-thru’ de vacina deve ser repetido no município

Cerca de 400 doses foram aplicadas na última segunda-feira, no posto do Paço Municipal
Sucesso em Criciúma, ‘drive-thru’ de vacina deve ser repetido no município
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Engeplus
Por Thiago Hockmüller Em 26/03/2020 às 14:17

No início da tarde de segunda-feira, dia 23, uma fila de veículos se formou na rua Domênico Sônego em frente ao Paço Municipal, local que recebeu o ‘drive-thru’ de vacinação contra a influenza. Uma ação nova na cidade que agora deve ser repetida em outros momentos.

Apesar da fila, que chegou à sede da Construtora Fontana (apenas referência), o fluxo de veículos foi rápido, estimulado pelo processo: um veículo encostava embaixo da barraca providenciada no pátio da prefeitura. Os profissionais da saúde identificavam a quantidade de vacina necessária, preparavam em poucos segundos o material e aplicavam.  O motorista, satisfeito e vacinado, abria espaço para o próximo da fila.

Assim foi por cerca de 6 horas. Neste período, 400 doses contra a influenza foram aplicadas em idosos.

A ideia é conseguir resgatar porquê deu muito certo, foi muito legal. Recebemos elogios, facilitou e não teve aglomero de pessoas. Correu tudo bem, a população aderiu e gostou de ideia. Temos a intenção sim de talvez retomar esta estratégia

Kelly Barp Zanette, técnica de enfermagem do setor de Imunização da Prefeitura 
___________________________

Nesta segunda fase da primeira etapa da campanha, que é destinada para idosos e profissionais da saúde, a estratégia adotada é um pouco diferente. Os profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são recebidos na casa de idosos acamados, aplicam a dose, e se deslocam para outra residência.

Esta ação, assim como o drive-thru, evita a exposição dos idosos neste período de combate ao coronavírus. As visitas iniciaram nesta quinta-feira, dia 26. Após a vacinação de acamados, o alvo passa a ser os demais idosos e aí caberá às UBSs definirem se farão nas casas ou em postos de vacinação montados nos bairros.


Em seis horas, 400 doses foram aplicadas no posto de vacinação montado na prefeitura. (foto: Thiago Hockmüller/Engeplus)

Procura aumentou

A propagação do coronavírus no Brasil conscientizou à população sobre importância das vacinas. Para se ter uma ideia do impacto da Covid-19, em campanhas anteriores sobraram vacinas por falta demanda.

Desta vez, as doses estão mais escassas e liberadas em lotes menores justamente pela alta procura. 

Nós recebemos a vacina para este ano na quarta-feira, dia 18, e ainda tínhamos vacinas utilizadas no ano passado, só que foram descartadas. Venciam em abril e tivemos que jogar fora. Em anos anteriores tivemos sim vacinas descartadas.

Kelly Barp Zanette, técnica de enfermagem do setor de Imunização da Prefeitura
______________________

A própria campanha contra o sarampo provou isso. Com casos registrados no Brasil, inclusive em Santa Catarina, houve aumento na procura. “As pessoas estão se conscientizando que precisam se vacinar. Contra o sarampo, sempre temos (doses) na geladeira. É vacina de rotina, mas a população não procura. Começou a assustar, todos vieram”, argumenta.

Confira as etapas da campanha contra a influenza

A vacinação nesta primeira fase está destinada aos principais grupos de riscos, como idosos (60 anos ou mais) e trabalhadores da saúde. 

A segunda fase da campanha inicia no dia 16 de abril e prevê vacinação para professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônica não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Já a terceira fase acontece a partir do dia 9 de maio e engloba crianças de 6 meses a menores até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, presidiários e funcionários do sistema prisional, além de adultos de 55 a 59 anos de idade.

Leia mais

Movimento intenso no posto de vacinação montado no pátio da prefeitura

Em Criciúma, quase nove mil doses foram aplicadas na Campanha de Vacinação

Criciúma recebe 4,5 mil doses contra a Influenza; campanha recomeça amanhã

Criciúma retoma campanha contra a influenza com vacinação de idosos e profissionais da saúde