InternetData CenterAssinante

VÍDEO: Preview Winter 18 movimenta Gramado

Coleção da Lança perfume foi apresentada em desfile na Rua Coberta
VÍDEO: Preview Winter 18 movimenta Gramado
Foto: Débora correa
Por Débora Correa Em 02/02/2018 às 22:09

A diversidade de estilos das noites icônicas de Berlim, além da história de um dos lugares mais famosos da Alemanha, marcam as peças da coleção de inverno da Lança Perfume.

Os destaques da coleção foram apresentados em um desfile aberto ao público, realizado na noite dessa quinta-feira, dia 1º, na Rua Coberta de Gramado. O local, que é ponto turístico da cidade na Serra Gaúcha, abriga charmosas lojas, bares, bistrôs e cafés.

O desfile encerrou a programação da Convenção de Varejo da Lança Perfume. Durante três dias, lojistas e fornecedores ficaram hospedados no Bavaria Sport Hotel e participaram de uma série de compromissos, como treinamentos e palestras.

Antes do desfile, o CEO da La Moda, empresa detentora da marca Lança Perfume, Giancarlo Bedin, recebeu a imprensa e falou sobre a coleção e a escolha do local para o Preview. Confira parte da entrevista:

Passando pelo militarismo, o muro de Berlim, o punk, as baladas eletrônicas e tantos outros marcos, a coleção conta uma história, traduzida em peças com diferentes estampas e padrões. “O principal elemento de percepção dessa coleção é ela ser multifacetada. É ela transitar de uma coisa super moderna e super transgressora como a balada eletrônica e o punk, para um código militar e imperial, por exemplo”, conta Bedin.

Na passarela do Preview Winter 18, o público conferiu de perto o resultado dessas percepções, materializados após meses de pesquisa e desenvolvimento.

Inovação e Internacionalização

Outro assunto que ganhou destaque durante a convenção foi a expansão da marca internacionalmente.

A gerente de omnichannel e internacionalização da La Moda, Juliana Damiani Destro, explica que a empresa já atua com exportação desde 2011, mas a relação da marca com os países vizinhos deve mudar em breve. “Já estamos discutindo a internacionalização da Lança Perfume, com a implantação das nossas lojas em outros países”, contou.

Juliana não adiantou quais países a marca deve alcançar, mas garantiu que uma análise de mercado já é realizada para a expansão.

Ela explicou, ainda, que hoje a exportação representa apenas 1% do faturamento total da empresa, mas que o percentual relativo aos negócios internacionais deve aumentar com esse trabalho. “Lembrando que a exportação para distribuidores e outras lojas fora do país não vai acabar, mas as lojas próprias devem agregar, surgindo como um plus ao consumidor”, ressaltou.