navegue nos blocos da capa

Estilo & Tendências

new face

De Criciúma, transexual se destaca no cenário nacional da moda

12
ABR
2017
| 12h44
12h44
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
divulgação pessoal

De Criciúma para as passarelas de São Paulo, o maior centro da moda do Brasil. Aos 22 anos, Maria Clara de Melo, desponta no segmento desde janeiro deste ano quando iniciou os seus primeiros trabalhos após assumir a sua identidade feminina. Nascida num corpo que não reconhece como o seu, a criciumense está em processo de transição desde outubro passado com acompanhamento hormonal e psicológico.

Destaque no SPFW

Começando com editoriais de moda, as portas estão se abrindo para a modelo que desfilou na última edição do São Paulo Fashion Week, em março deste ano, momento que classifica como o ápice, o que mais chamou a atenção do público. “Houve uma repercussão muito positiva depois do desfile. A partir de então a imprensa começou a dar visibilidade ao meu trabalho. Foi o maior momento da minha carreira até agora”, considera.

Maria Clara iniciou sua trajetória de modelo ainda com a identidade masculina. Entre 2014 e 2015 morou em Florianópolis e em janeiro de 2016 se mudou para São Paulo. “Eu sempre quis ser modelo e sabia que uma hora ou outra teria que estar em São Paulo. Já instalada no polo da moda brasileira que me identifiquei como transexual. A moda me ajudou a me enxergar como eu sou”, frisa.

Transição

Receosa, Maria Clara resolveu contar na agência da sua identificação com o sexo posto ao biológico. “Eu não fiquei com tanto medo porque existem outras modelos trans na moda, como: Valentina Sampaio, Lea T e Andreja Pejic. Fui compreendida e fizemos um book já com a identidade feminina. Eu me amei, a agência também e os trabalhos foram surgindo. Já são em torno de sete desde janeiro”, contabiliza.

Maria Clara resolveu contar para família e procurar auxílio psicológico em maio de 2016. “Sempre tive muito contato com minha mãe e com minhas irmãs. Para o meu pai foi um pouco mais difícil, mas hoje em dia é tranquilo”. Desde outubro quando iniciou tratamento hormonal, Maria Clara vive como uma mulher.

“Ainda não me sinto à vontade em sair na rua de vestido e saia, por exemplo, pois ainda estou no processo de transição. No entanto, todas as minhas compras são femininas e ainda brinco com algumas peças masculinas”. A modelo ressalta que a condição de estar em transição também é deixado bem claro aos clientes de agência modelo em que trabalha.

Moda e preconceito

A visibilidade trans na moda está numa crescente, considera a criciumense. “Vimos modelos trans em São Paulo, que é o polo da moda, mas não vimos no Sul, por exemplo. A visibilidade deve ser nacional. Estamos no caminho, mas precisamos melhorar”, avalia.

A modelo comenta ainda que sente falta de um produto acabado, pois é justamente o que o mercado busca. “Não existe um meio termo. São as trans lindas que trabalham como modelos ou são as que acabam indo para as ruas”, lamenta.

Maria Clara diz não ter sofrido grandes preconceitos até o momento. “Depende o que se enxerga como preconceito. Como ainda estou em transição ao sair de casa percebo alguns olhares pesados”, comenta. A modelo ressalta, ainda, que não há como esquecer que o Brasil é o país que mais mata LGBTs do mundo.

Futuro

Maria Clara pretende ainda fazer neste semestre uma cirurgia de feminização para suavizar os traços masculinos, como testa, nariz, queixo e o pomo de adão. Passando o período da Páscoa com a família em Criciúma, Maria também projeta mais trabalhos. “Pretendo trabalhar pela região. Existe já um projeto para o mês de julho, que ainda não posso revelar”. 

Nessa terça-feira, dia 11, foi lançada uma revista masculina com editoriais femininos, sendo que um deles tem Maria Clara como modelo. O trabalho pode ser conferido neste link, na página 176.

Agência de Modelo São Paulo: Rock Management - 11.4380-5510
Agência de Modelo Florianópolis: DN Models - 48-3025.6266

 

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Impressões em 60 minutos - Citroen Aircross Shine 2018Festival de hambúrgueres e cervejas especiais reúne mais de 20 mil pessoasMais de 700 participantes prestigiam a Corrida do BemSaída de pista seguida de capotamento é registrada na SC-441Araranguá recebe instalação do Centro Regional de Defesa CivilBatalha Fitness reúne 400 atletas no Nações Shopping