InternetData CenterAssinante

Tencati quer apoio da torcida para vencer o Botafogo-PB: 'Trazer o torcedor para dentro do campo'

Técnico deve manter a escalação titular utilizada na vitória diante do Ituano
Tencati quer apoio da torcida para vencer o Botafogo-PB: 'Trazer o torcedor para dentro do campo'
Foto: Celso da Luz/Criciúma E.C.
Por Lucas Renan Domingos Em 15/10/2021 às 19:46

Buscando se aproximar da meta de pontos para conquistar o acesso para a Série B, o Criciúma entra em campo neste sábado, dia 16, contra o Botafogo-PB. A partida está marcada para as 19 horas, no estádio Heriberto Hülse, e a expectativa é de que o número de torcedores seja o maior desde a autorização do retorno do público aos estádios.

A preparação para o jogo não ficou somente dentro do gramado. A diretoria do Tigre movimentou a torcida ao longo da semana, fazendo promoção e distribuindo ingressos, além de disponibilizar testes gratuitos de Covid-19. E o apoio dos carvoeiros é um diferencial que o técnico Cláudio Tencati espera contar.

“Nossa postura tem que ser de uma marcação intensa, alta, pressionante e trazer o torcedor para dentro do campo. Com o movimento da torcida, vai ter aquele barulho, aquela motivação e os nossos jogadores vão correr, brigar e lutar muito mais. E, claro, vamos pensar as ações do jogo, ser inteligente, manter uma estratégia e não desorganizar. É um jogo grande, decisivo e que a equipe tem que ter consciência, concentração e foco para buscar a vitória”, disse o treinador.

Tencati confirmou que a tendência é manter a escalação inicial utilizada na vitória contra o Ituano. Desta forma, ele deverá colocar em campo um time com Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Hélder; Léo Costa, Dudu Vieira, Eduardo e Fellipe Mateus; Silvinho e Henan.

Em casa, o Criciúma ainda não perdeu na Série C do Campeonato Brasileiro. Mas o técnico acredita que mesmo sabendo das forças do Tigre quando possui o mando de campo, o Botafogo-PB tentará propor o jogo, já que é o time lanterna do quadrangular.

“Toda equipe quando joga fora de casa tem uma tendência de se posicionar atrás da linha da bola, marcando mais. Mas o que nós vimos do Paysandu não foi uma equipe omissa por parte do Botafogo. Foi uma equipe que tentou ser propositiva e não somente reativa. Isso demonstra que é uma tendência que vai tentar fazer o mesmo contra o Criciúma”, alegou. “Não espero um Botafogo passível e acuado. Espero um Botafogo querendo o erro do Criciúma e querendo beliscar alguma coisa de nós”, complementou.

Leia mais sobre: