InternetData CenterAssinante

Suspeito de agredir mulher, atacante Zé Carlos é solto após pagar fiança; jogador nega acusações

Jogador deixou a delegacia depois de desembolsar R$ 33 mil
Suspeito de agredir mulher, atacante Zé Carlos é solto após pagar fiança; jogador nega acusações
Foto: Arquivo/Criciúma E.C.
Por Lucas Renan Domingos Em 31/05/2021 às 16:14

Depois de ser preso e passar a noite na delegacia como suspeito de agredir uma mulher, o atacante Zé Carlos, ex-Criciúma, foi liberado pela Polícia Civil nesta segunda-feira, dia 30. O jogador pagou uma fiança de 30 salários mínimos, o equivalente a R$ 33 mil, para ser solto. As informações são da TV Pajuçara e do portal THN1.

Segundo as investigações, Zé Carlos e a mulher estavam em um veículo, quando os dois começaram a discutir e a vítima acabou se jogando do automóvel para fugir das agressões. Para a polícia, ela afirmou que os dois teriam uma relação extraconjugal de pelo menos seis meses. 

"Houve uma discussão por ciúme, porque ele tentava contato com ela via telefone e não conseguiu. Dirigiu-se até a residência dela, pediu para ela entrar no carro, pois queria conversar. De lá, foram ao Pontal, ficaram parados, e lá, começaram as agressões", disse o delegado Vinicius Ferrari à TV Pajuçara.

"Em seguida, eles se dirigiram ao bairro do Farol, próximo a um supermercado. Houve uma nova discussão e novas agressões. Quando ele ia saindo com o veículo, ela pulou do carro. Ela mostrou lesões na cabeça, na boca, e as lesões de escoriações por ter se jogado do veículo", detalhou o delegado.

Zé Carlos também prestou depoimento e negou a acusação feita pela mulher de que ele teria lhe agredido. "Ele negou, disse que houve a discussão, mas que as lesões foram causadas pela queda do veículo", completou Ferrari.