InternetData CenterAssinante

Sob olhares do novo treinador, Criciúma perde para o Avaí na Copa SC

Tigre foi derrotado por 3 a 1 para o Leão da Ilha na tarde desta quarta-feira, dia 6
Sob olhares do novo treinador, Criciúma perde para o Avaí na Copa SC
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC
Por Rafaela Custódio Em 06/10/2021 às 17:04

Sob olhares do técnico Cláudio Tencati, que estava nos camarotes do estádio Heriberto Hülse, o Criciúma sofreu mais uma derrota na Copa Santa Catarina na tarde desta quarta-feira, dia 6. Em partida válida pela 4ª rodada, o Tigre, ainda dirigido pelo técnico interino Harison Feltrin, o Lalo, foi derrotado pelo Avaí, de virada, por 3 a 1. Com apenas 3 pontos, o tricolor ocupa a 5ª colocação e está fora da zona de classificação. Os gols da partida foram marcados por Hygor pelo tricolor, Alemão duas vezes e Jô para o Leão da Ilha. 

Agora, o elenco carvoeiro vira o foco para a Série C do Campeonato Brasileiro. No domingo, o Tigre visita o Ituano, no Novelli Junior, a partir das 16 horas. A partida será válida pela 2ª fase da competição. 

Jogo 

O Criciúma iniciou a partida dando sustos no adversário. Logo no primeiro minuto, Hygor arrancou pela esquerda, cruzou na pequena área e Henan subiu sozinho para cabecear, mas a bola desviou no zagueiro e saiu pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Henan teve mais uma chance de cabeça, todavia, a bola novamente saiu pela linha de fundo. 

Aos 9 minutos, o Tigre voltou a entrar na área do Leão da Ilha. Após jogada pela direita, Hygor cruzou e encontrou Henan. O camisa 9 do Tigre tirou a marcação, mas foi bloqueado na hora do chute. No rebote, a bola voltou para o atleta carvoeiro, que tentou tocar para Hygor, mas a arbitragem assinalou impedimento. 

O Criciúma teve mais uma chance aos 15. Silvinho cobrou falta direto e a bola saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, novamente Silvinho voltou a entrar na área adversária. O atacante carvoeiro arrancou pelo lado esquerdo, deixou três marcadores para trás, porém no momento do chute, a zaga interceptou. 

Gustavo salva o Tigre 

O Avaí chegou pela primeira vez ao ataque aos 31. Alemão recebeu em profundidade, entrou na área e chutou cruzado de perna direita, mas Gustavo espalmou para a frente e o zagueiro Rodrigo completou, afastando o perigo. 

Depois da chance perdida por Alemão, o Avaí cresceu no jogo e voltou a assustar o Tigre aos 35. Modesto sofreu falta de Pedro Rosa na lateral. O Leão da Ilha alçou bola na área, mas a defesa tricolor conseguiu afastar o perigo. No lance seguinte, Danielzinho tocou para Cesinha, que avançou e cruzou, mas a bola foi direto no gol e Gustavo espalmou para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, a bola passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo. 

Quem não faz, leva 

O Avaí estava melhor nos últimos minutos e surpreendendo a defesa carvoeira, mas quem balançou as redes foi o Criciúma. Silvinho tocou para Pedro Rosa que foi a linha de fundo e cruzou na área, Henan desviou de cabeça, Hygor apareceu sozinho no lado direito e empurrou a bola para o fundo do gol. 

O Avaí tentou responder no lance seguinte com Juliano. O camisa 8 recebeu de Cesinha e tentou chutar, porém a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo. 

Pintura no Heriberto Hülse 

O Criciúma saiu jogando errado na defesa e Marcel Scalese entregou a bola para Alemão. O atacante avaiano arrancou com a bola, entrou na área, driblou o defensor do Tigre e chutou de perna esquerda, o goleiro Gustavo se esticou, mas a bola entrou na gaveta. 

O Tigre tentou mexer no placar no último minuto da partida. Dudu Vieira driblou três jogadores, tocou para Renan Areias dentro da área, que passou para Henan. O camisa 9 empurrou a bola para as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Segundo tempo 

A etapa final do jogo iniciou com o Avaí mudando o placar. A equipe de Florianópolis desempatou o duelo logo aos 2 minutos. Após arrancada de Modesto pela direita, o lateral cruzou rasteiro na área, Alemão apareceu por trás da zaga e de perna esquerda marcou seu segundo gol no confronto. 

O Criciúma quase empatou a partida aos 8. Claudinho recebeu em profundidade, cruzou na área, Hygor apareceu como elemento surpresa e tocou de cabeça para a marca do pênalti, Fellipe Mateus tentou chutar, porém a bola parou na defesa. No rebote, Dudu Vieira, sozinho, chutou pela linha de fundo. 

O técnico Lalo fez duas substituições aos 18 minutos. Deixaram o gramado Renan Areias e Hygor para as entradas de Varolo e Maranhão, respectivamente. 

A primeira participação de Varolo foi aos 19. A bola sobrou para o camisa 16, que arriscou o chute, mas a bola subiu demais e o goleiro André só acompanhou o lance. 

O Criciúma chegou ao ataque novamente pela direita com Claudinho. O lateral foi ao fundo do gramado e cruzou a bola na área, mas no momento em que Maranhão ia chutar, acabou sendo desarmado. 

O Tigre fez mais duas substituições aos 28. Deixaram o gramado Claudinho e Pedro Rosa e entraram Helder e Daniel, respectivamente. 

Pressão do Tigre 

O Criciúma tentou buscar uma uma pressão após os 35 minutos com bolas alçadas na área. O Tigre teve três escanteios seguidos com cobranças de Silvinho, mas em todos a defesa avaiana conseguiu afastar o perigo. 

Aos 38, Fellipe Mateus cobrou falta pelo lado direito, mas a bola atravessou toda a área e a bola saiu pela linha de fundo. Três minutos depois, o Tigre teve mais uma chance com bola parada. Maranhão cobrou escanteio no primeiro pau, mas a bola saiu pela linha de fundo. 

Rodrigo expulso 

O zagueiro Rodrigo recebeu cartão vermelho aos 42. Após desentendimento com o adversário, a arbitragem expulsou o defensor carvoeiro.

O último lance da partida foi com gol do Avaí. Jô recebeu livre dentro da área e tocou para o fundo do gol, ampliando o placar para 3 a 1. 

Ficha técnica para Criciúma 1 x 3 Avaí 

Competição: Copa Santa Catarina, 4ª rodada.

Data: Quarta-feira, 6 de outubro.     

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Horário: 15 horas

Arbitragem: Diego da Costa Cidral apitou o jogo. Ele foi auxiliado por Diogo Berndt e Antonio Lourival da Luz. O trio é de Joinville. 

Público: 296 torcedores

Renda: R$ 2.035,00

Cartões amarelo: Maranhão (28'2'T) (CRI); Artur (34'2'T) (AVA)

Cartão vermelho: Rodrigo (42'2'T) (CRI)

Gols: Hygor (42'1'T) (CRI); Alemão (46'1'T), Alemão (28'2'T), Alemão (36'2'T), Jô (49'2'T) (AVA). 

Criciúma: Gustavo; Claudinho (Daniel), Rodrigo, Marcel Scalese e Pedro Rosa (Helder); Dudu Vieira, Renan Areias (Varolo) e Fellipe Mateus; Silvinho, Henan e Hygor (Maranhão). 

Técnico: Lalo

Avaí: André; Modesto, Luiz Gustavo, Arthur Chaves e Cesinha; Kazu, Juliano (Guilherme), Da Silva (Gustavo) e Fraga; Danielzinho e Alemão (Jô). 

Técnico: Evando Camillato.