InternetData CenterAssinante

Criciúma perde para o Hercílio Luz e frustra torcedores no retorno do público ao Heriberto Hülse

Duelo foi válido pela primeira rodada da Copa Santa Catarina
Criciúma perde para o Hercílio Luz e frustra torcedores no retorno do público ao Heriberto Hülse
Foto: Celso da Luz/Criciúma EC
Por Thiago Hockmüller Em 15/09/2021 às 21:32

Nem a volta da torcida ao Heriberto Hülse foi suficiente para o Criciúma reencontrar o caminho da vitória. Pela Copa Santa Catarina, o time carvoeiro foi dominado pelo Hercílio Luz e perdeu por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, dia 15. Garraty balançou as redes duas vezes e foi o nome da partida que marcou o retorno do público ao Majestoso, após mais de 500 dias de estádios vazios no estado em função da pandemia de Covid-19 

O Tigre muda a chave e volta as atenções para a Série C. No sábado, dia 18, recebe o Mirassol em mais uma tentativa de obter a classificação antecipada para a segunda fase. Pela Copa SC, ainda sem Paulo Baier - suspenso pela confusão contra o Avaí no Campeonato Catarinense - o time carvoeiro visita o Juventus, quarta-feira, dia 22, em Jaraguá do Sul. Já o Hercílio Luz volta a campo no sábado, dia 25, quando recebe o Caçador no Aníbal Costa, em Tubarão.


Público voltou ao Majestoso após mais de 500 dias de restrição. (Foto: Celso da Luz/Criciúma EC)

Susto no início

O Criciúma iniciou o primeiro tempo dando um susto nos torcedores que compareceram no Majestoso nesta fria noite de quarta-feira. Logo no primeiro minuto, o estreante Henrique entregou a bola de presente no pé de Fabinho. O meia tentou a finalização, a bola bateu na zaga e sobrou para Garraty, que não aproveitou a chance e disparou pela linha de fundo.

O Tigre passou a ter posse de bola e até encontrou situações para abrir o placar. Aos quatro minutos, Gabriel Henrique fez boa jogada pelo lado esquerdo e foi derrubado. O zagueiro Henrique foi para a cobrança e mandou forte em direção ao gol, mas o goleiro Matheus fez boa defesa espalmando para escanteio.

O time carvoeiro voltou com perigo logo depois. Na cobrança do tiro de canto, a bola sobrou para Minho. De frente para o gol, ele mandou alto pela linha de fundo e desperdiçou o lance.

Golaço de Garraty

O jogo que já não era intenso, caiu ainda mais em movimentação. Melhor para o Hercílio Luz, que aos 33 minutos encontrou boa oportunidade em falta marcada pelo árbitro na meia-lua da grande área. Cheio de confiança, Garraty cobrou com categoria, por cima da barreira, e abriu o placar. Um golaço no Heriberto Hülse, sem chance para o goleiro Alisson.

O gol do Hercílio Luz não alterou a produção do Criciúma, que seguiu lento e com pouca criatividade. O Tigre só levou algum perigo para o adversário aos 41, em jogada de Luiz Paulo. Ele fez o passe para Gabriel Henrique, que arrematou perto da trave e para fora.


Observado pela torcida, Tigre escapou de sofre goleada no Majestoso.

Jogo de trocação

Atrás no placar, o Criciúma voltou tentando pressionar o adversário. Por outro lado, a afobação para definir as jogadas fez o Hercílio Luz encontrar brechas e levar perigo ao gol defendido por Alisson, que logo aos dois minutos já estava trabalhando após cabeçada de Vinicius Urbano. Os donos da casa revidaram. Aos cinco, Dudu Figueiredo foi ao fundo e cruzou. Bem posicionada e atenta, a defesa adversária afastou. Precisando alterar o ritmo do jogo, o auxiliar técnico Luciano Almeida, na casamata já que Paulo Baier cumpre suspensão, mexeu no ataque: saíram Luiz Paulo e Gabriel Henrique, entraram Marcão e Eduardo Melo.

O técnico Raul Cabral também modificou a equipe, trocando Fabinho e Jardisson por Jean Carlos e Wellington. E foi justamente em puxada de ataque com Wellington que os visitantes quase marcaram o segundo. Ele avançou pela ponta direita e cruzou para Vinícius, que foi bloqueado pela zaga. 

De novo ele

O time de Tubarão já era melhor na partida quando encontrou o segundo gol. E novamente com Garraty, aos 27. Ele aproveitou a bobeira da zaga carvoeira e com tranquilidade escorou no canto direito de Alisson. Depois de comemorar, foi substituído por Vitinho.

Sem conseguir ajustar a equipe, Luciano Almeida voltou a apelar para as substituições: saíram Minho e Dudu Figueiredo, o camisa 10 vaiado pelos torcedores, entraram Varolo e Deividy. 

Na reta final da partida, o Criciúma sofreu pressão dos visitantes, que tiveram pelo menos mais duas chances de ampliar o marcador. Após o apito final, os jogadores ouviram as primeiras vaias, ainda que tímidas, da torcida no Heriberto Hülse. 

Ficha técnica para Criciúma 0x2 Hercílio Luz

Competição: Copa Santa Catarina, 1° rodada.

Data: Quarta-feira, 15 de setembro.

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.

Horário: 19h30min

Arbitragem: Diego da Costa Cidral (Joinville) apitou o jogo auxiliado por Diogo Berndt (Joinville) e Bruno Muller (Santo Amaro da Imperatriz). 

Público: 470 torcedores.

Renda: R$ 4.115,00.

Cartão amarelo: Dudu Figueiredo (CRI).

Gol: Garraty (33’ 1°T e 27' 2°T) (HER).

Criciúma: Alisson; Renan Areias, Jessé, Henrique e Pedro Rosa; Léo Costa, Minho (Deividy) e Eduardo (Rullian); Dudu Figueiredo (Varolo), Luiz Paulo (Marcão) e Gabriel Henrique (Eduardo Melo).

Técnico: Luciano Almeida.

Hercílio Luz: Matheus; Cleiton, Elton, Kadu e Oliveira; Ramires, Fabinho (Jean Carlos) e Garraty (Vitinho); Jardisson (Wellington), Vinicius Urbano e Lucas Dentinho (Baggio).

Técnico: Raul Cabral.