InternetData CenterAssinante

Contra o JEC, Criciúma faz a primeira de uma sequência de duas partidas decisivas

Tigre busca a classificação na Copa Santa Catarina já de olho na Série C
Contra o JEC, Criciúma faz a primeira de uma sequência de duas partidas decisivas
Foto: Celso da Luz/Criciúma E.C.
Por Lucas Renan Domingos Em 27/10/2021 às 14:19

O Criciúma faz na noite desta quarta-feira, dia 27, o primeiro de uma sequência de dois jogos decisivos que terá nos próximos dias. Pela Copa Santa Catarina, o Tigre visita o Joinville e depende apenas do próprio desempenho para chegar nas semifinais da competição estadual. A vitória garante a equipe carvoeira na próxima fase do campeonato sem precisar contar com resultados paralelos.

A Copa Santa Catarina dá ao campeão a vaga na Copa do Brasil de 2022. Mesmo utilizando jogadores considerados reservas no campeonato estadual, o Criciúma não quer deixar escapar a oportunidade de acrescentar uma competição no calendário do ano que vem. Por isso o discurso sustentado é de que o Tigre precisa conquistar os objetivos nas duas disputas que vêm participando.

“É importante para nós este jogo contra o Ituano e também é importante o jogo contra o Joinville. Já é uma preparação pensando no jogo da Série C de domingo. Conscientizamos os jogadores da responsabilidade que nós temos de alcançar a classificação na Copa Santa Catarina pela estrutura do Criciúma e pelo peso da camisa no Estado. Temos que pensar em montar um calendário para o Criciúma e para os jogadores no ano que vem. É o futuro do clube, dos atletas, da comissão técnica e de todos que estão aqui fazendo parte deste processo”, afirmou o auxiliar técnico Aléssio Antunes.

O Joinville não possui mais pretensões na Copa Santa Catarina. Mesmo vencendo o Criciúma, o JEC não consegue se classificar para as semifinais. Mas a comissão técnica do Tigre não espera encontrar um adversário que facilitará o jogo.


Foto: Celso da Luz/Criciúma E.C.

“Da mesma maneira que nós estamos pensando em 2022, o Joinville já começa a projetar o próximo ano. Os jogadores que permaneceram e vão participar deste jogo, eles vão fazer o possível para dificultar a nossa classificação. Temos que ter tranquilidade, maturidade, sabemos do resultado que a gente precisa e vamos conseguir com a ajuda de todos para conseguir a classificação”, acrescentou Antunes.

Para o jogo em Joinville, o Criciúma contará com o acréscimo de jogadores mais experientes no elenco, como Arilson, Dudu Figueiredo e Luiz Paulo, possibilitando mudanças na equipe na formação, o que não significa que o Tigre deva mudar sua forma de jogar.

“A equipe vai manter o equilíbrio como viemos fazendo todos os jogos para buscar a vitória a todo momento. Precisamos do resultado positivo para a classificação ou as combinações dos outros jogos podem nos favorecer. Mas montamos uma equipe equilibrada para ser ofensiva e para não dar os espaços para o adversário e eles não conseguirem nos prender. O Joinville teve a troca de treinador, teve mudança de comissão, ganha um estilo a mais e temos que ir preparado para não ser surpreendidos”, declarou o auxiliar técnico Lalo.