InternetData CenterAssinante

Com dois gols no fim do segundo tempo, Criciúma bate o Marcílio Dias na Copa Santa Catarina

Resultado deixa o Tigre vivo na briga pela classificação para as semifinais
Com dois gols no fim do segundo tempo, Criciúma bate o Marcílio Dias na Copa Santa Catarina
Foto: Celso da Luz/Criciúma E.C.
Por Lucas Renan Domingos Em 20/10/2021 às 17:32

O Criciúma conseguiu entrar na zona de classificação da Copa Santa Catarina. O Tigre alcançou a segunda colocação momentânea na tabela da competição estadual após vencer o Marcílio Dias na tarde desta quarta-feira, dia 20, pela sexta rodada do turno, no estádio Heriberto Hülse. 

O placar de 2 a 0 foi conquistado somente no segundo tempo. Após um primeiro tempo ruim, as mudanças na equipe feita pelos auxiliares técnicos Lalo e Aléssio Antunes surtiram efeito e Zé Marcos e Pedrinho balançaram a rede para a equipe carvoeira no fim da partida. O resultado mantém o Criciúma vivo no campeonato e a vaga para a semifinal será decidida na última rodada da primeira fase, na próxima quarta-feira, dia 27, quando Tigre enfrenta o Joinville no Norte de Santa Catarina.

No primeiro tempo, apenas três chutes em gol

Precisando vencer a partida para entrar na zona de classificação, o Criciúma começou o jogo nervoso. O Tigre não conseguia chegar na área adversária e errava passes. O Marcílio Dias também não oferecia riscos e a primeira chance de gol demorou a aparecer.

Foi somente aos 20 minutos, em um contra-ataque do Criciúma. Léo Costa desarmou o lance ofensivo da equipe do Marinheiro e ficou com a bola. O volante fez ótimo lançamento rasteiro para Varolo, que invadiu a área e finalizou de perna esquerda. Renan, goleiro do Marcílio, saiu bem para fazer a defesa com a mão esquerda e evitar o gol carvoeiro.

Léo Costa participou de mais uma oportunidade para o Tigre aos 35 minutos. O volante recebeu a bola dentro da área, girou em cima da marcação e finalizou com força no centro do gol. Renan, em dois tempos, conseguiu fazer a defesa novamente.

Já nos acréscimos o time Marinheiro chegou pela primeira vez no gol do Criciúma e Alisson salvou. O Marcílio Dias levantou bola na área e o goleiro saiu para afasta, na sobra a bola ficou com o zagueiro Carlos Alexandre que chutou firme para nova defesa de Alisson antes da zaga afastar o perigo e manter o placar fechado no primeiro tempo.

Criciúma melhora e conquista vitória no segundo tempo

Se Alisson evitou o gol do Marcílio Dias no último lance do primeiro tempo, ele fez o mesmo na primeira oportunidade do time adversário na segunda etapa. Aos quatro minutos, Luiz Renan recebeu cruzamento de Warley e chapou de primeira. O goleiro do Criciúma saltou para fazer ótima defesa.

Já era 23 no cronômetro quando o Tigre tentou de fora da área. Jessé recebeu na intermediária e arriscou de longe. O goleiro Victor Hugo apenas acompanhou a bola e viu ela sair em linha de fundo.

João Carlos apareceu aos 33 minutos. O atacante do Tigre ficou com a sobra e da entrada da área chutou forte de perna esquerda. Para a sorte do goleiro do Marcílio Dias, a bola subiu demais e foi para fora.

Se o ataque não funcionou, o zagueiro resolveu

Se o setor ofensivo carvoeiro tinha dificuldades, restou a um zagueiro balançar a rede para o Tigre. Em cobrança de escanteio, ninguém marcou Zé Marcos sozinho na pequena área e o camisa quatro do Criciúma aproveitou. Ele cabeceou firme para o chão e para a rede para abrir o placar já aos 35 do segundo tempo. 

Os donos da casa cresceram na reta final da partida. Três minutos depois do gol João Carlos quase ampliou. Ele invadiu a área, não quis tocar para Eduardo Melo e preferiu a finalização rasteira. Victor Hugo fechou o ângulo conseguiu a defesa.

Só que o segundo gol do Criciúma saiu logo depois. Eduardo Melo recebeu do lado direito, achou Pedrinho sozinho no meio da grande área e tocou. O atacante dominou e finalizou. Antes de entrar, no gol a bola ainda tocou o pé da trave direita do Marcílio para fazer o 2 a 0.

Ficha técnica para Criciúma 2x0 Marcílio Dias

Competição: Copa Santa Catarina, 6ª rodada da primeira fase.

Data: Quarta-feira, dia 20 de outubro.

Local: Estádio Heriberto Hülse, Criciúma.

Horário: 15h30.

Arbitragem: Diego da Costa Cidral, de Joinville, apitou a partida auxiliado por Diogo Berndt, também de Joinville, e Adenilson Cardoso, da cidade de Santo Amaro da Imperatriz.

Público: 305

Renda: R$1.970,00

Gols: Zé Marcos (35’ 2ºT) e Pedrinho (42’ 2ºT) (CRI)

Cartão amarelo: Maranhão e Varolo (CRI); Luiz Renan, Klenisson e Paulo Foiani (MAR)

Cartão vermelho: Não teve

Criciúma: Alisson; Daniel, Genilson, Zé Marcos e Pedro Rosa; Jessé (Pedrinho), Dudu Vieira, Léo Costa e Varolo (Gabriel Machado); Maranhão (João Carlos) e Marcão (Eduardo Melo).

Técnico: Lalo

Marcílio Dias: Renan (Victor Hugo); Luiz Renan, Luan, Carlos Alexandre e Fernando; Julinho, Alessandro e Warley; Klenisson (Victor Guilherme), Palácios (Rafael Carioca) e Anderson Ligeiro (Erick Daltro).

Técnico: Paulo Foiani