InternetData CenterAssinante

Anselmo Freitas otimista com possível volta da torcida na Série C: 'acredito que tenhamos público'

Presidente do Criciúma destacou a importância da torcida carvoeira no Majestoso
Anselmo Freitas otimista com possível volta da torcida na Série C: 'acredito que tenhamos público'
Foto: Rafaela Custódio/Arquivo Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 27/09/2021 às 10:02

A segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro inicia no próximo fim de semana para o Criciúma, diante do Paysandu, ainda sem data e horário definidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Após conhecer os três adversários na competição, o presidente do Tigre, Anselmo Freitas, agora aguarda a entidade máxima do futebol brasileiro para saber sobre o retorno do público. 

"Acreditamos que tenhamos público, pois já temos nas Séries A, B e D do Campeonato Brasileiro. A CBF nos informou que definiria se teria torcedores nas arquibancadas na segunda fase da competição. Nesta segunda-feira devemos ser convocados para uma reunião na entidade para tratarmos do assunto", comentou em entrevista ao Portal Engeplus

Segundo o presidente, o retorno do público ao estádio Heriberto Hülse ajudaria a equipe na segunda fase da Série C. "Tenho certeza que se o público for liberado, nós ganharemos o 12º jogador. A torcida carvoeira sempre foi conhecida por apoiar os 90 minutos e sabemos que não será diferente neste momento. Nós precisamos do apoio e que o clube tenha o acesso ao lado dos torcedores", destacou. 

VAR na Série C 

Nesta fase, a Série C contará com o VAR - Árbitro Assistente de Vídeo. Freitas destacou a importância da tecnologia. " O VAR é importante e muito bom. Nós tivemos um jogo que poderíamos ter ganho com mais sobra no placar [diante do Fluminense pela Copa do Brasil]. É uma tecnologia que veio para ficar e vai ajudar os clubes. A arbitragem é auxiliada com imagens e assim podem rever os lances", analisou. 

Ambiente no Criciúma 

Com a classificação para a segunda fase da Série C, o Criciúma atingiu um dos objetivos na temporada. Mas o presidente ressaltou a importância do acesso à Série B. "É o nosso principal objetivo. Nosso ambiente é muito bom. O momento entre a comissão técnica, atletas, diretoria é muito bacana. Estou muito feliz e entendemos que todos estão pensando no mesmo objetivo. Não existe soberba no clube e o acesso vai coroar o grande trabalho que está sendo realizado", afirmou. 

"O Juliano [Camargo, diretor executivo de futebol] é uma pessoa muito importante para o Criciúma. Ele tem muita calma e clareza para unir os atletas e a comissão técnica. O Wilsão também temos um respeito enorme, pois tem sido um elo para o acompanhamento com os atletas, com o Paulo Baier e toda a comissão técnica", reiterou.  

Futuro no Criciúma

O presidente do Criciúma preferiu não falar neste momento sobre seu futuro no clube e destacou que está totalmente focado na Copa Santa Catarina e Série C. "Não quero falar disso agora, nosso foco agora é o acesso à Série B e a conquista da Copa Santa Catarina que nos dará uma vaga na Copa do Brasil de 2022", ressaltou. 

"Queremos a vaga para a Série B e creio que depois de tudo isso vou falar sobre meu futuro. Ainda temos dois meses de competições. Vamos esperar passar tudo isso, tenho tido contato com o Conselho Deliberativo que é o órgão que determina tudo o que vai acontecer. Mas, neste momento, meu foco são as competições que estamos disputando", finalizou.

Leia mais sobre: