InternetData CenterAssinante

São José x Criciúma: a disputa contra o rebaixamento na Série C

Zequinha e Tigre se enfrentam neste sábado, dia 28, às 15 horas, no Passo D’Areia
São José x Criciúma: a disputa contra o rebaixamento na Série C
Foto: Celso da Luz / Arquivo
Por Rafaela Custódio Em 28/11/2020 às 09:02

São José e Criciúma pisam no gramado sintético do Estádio Passo D’Areia neste sábado, dia 28, com momentos bem semelhantes e objetivos únicos: fugir do rebaixamento para a 4ª divisão do futebol brasileiro. Antes de a bola rolar para a partida da 17ª rodada da Série C do Brasileiro Brasileiro, às 15 horas, gaúchos e catarinenses encontram-se nas primeiras posições acima da zona de queda e estão separados por um ponto. Por isso, o jogo se torna numa briga, ou seja, ganhando contornos dramáticos, onde o derrotado se complica.

Hoje, a zona de rebaixamento é formada por Boa Esporte e São Bento. Os dois times somam 14 pontos, com os paulistas em vantagem no saldo de gols. Coincidentemente, essas duas equipes se enfrentam também neste sábado, às 16 horas, em Varginha, e certamente vão despertam as atenções de São José e Criciúma também.

Criciúma

Tigre depende das próprias forças

Sem chances de classificação, o Criciúma foca suas forças em escapar do rebaixamento para a Série D. Isso pode ser concretizado já em Porto Alegre com uma vitória simples. Os dois times da zona de descenso, Boa Esporte e São Bento, que se enfrentam nesta rodada, somam 14 pontos, quatro a menos que o Tigre, que pode evitar a queda até mesmo com um empate se não houver vencedor entre mineiros e paulistas.

Tabus em jogo

Em Porto Alegre, o time dirigido por Itamar Schulle tentará quebrar dois tabus que vão empurrando a campanha carvoeira para baixo. Um deles é o de ainda não ter vencido como visitante na Série C. Em oito partidas longe do Heriberto Hülse, o Criciúma acumulou quatro empates e quatro derrotas. O Tigre é um dos cinco times da terceira divisão que não ganhou como visitante - Boa Esporte, Londrina, São Bento e Imperatriz são os outros.

O outro tabu é o de vitórias. O último triunfo foi na 10ª rodada, contra o Londrina, em 11 de outubro. De lá pra cá foram seis jogos, com três derrotas e três empates. “O Criciúma tem que jogar como jogou na última partida [empate por 4 a 4 com o Ypiranga], que foi ofensiva. Nenhuma equipe da Série A, B, C ou D fez três gols em nove minutos, então o Criciúma foi ofensivo e buscou os gols. O que não pode acontecer é a maneira que tomamos os gols. Trabalhamos para corrigir isso”, afirma Schulle, que não terá a disposição o volante Eduardo, suspenso por acúmulo de cartões. Em compensação, estão de volta o lateral Bruno Oliveira, o meia Felipe Menezes e os atacantes Andrew e Michel.

São José

Gaúchos vivem situação idêntica

Com um ponto a menos e uma posição abaixo do Criciúma, o São José vive situação bem semelhante a do Tigre: se vencer, praticamente evita o rebaixamento. Se empatar, um novo empate entre São Bento e Boa Esporte o deixa também pertinho da permanência. Porém, tudo poderia estar mais tranquilo se o Zequinha não viesse com um jejum de três jogos sem vitórias na Série C.

“Temos que fazer valer o fator casa. É uma decisão e todos aqui dentro têm indignação. Queremos fazer o resultado para espantar o risco de rebaixamento de uma vez, e só depende de nós”, analisa o técnico China Balbino, que terá para a partida os retornos dos zagueiros Wagner e Marcão, que estavam suspensos no empate sem gols diante do Londrina.

Primeiro duelo oficial no RS

São José e Criciúma já se cruzaram cinco vezes, mas nunca em um duelo oficial que fosse disputado no Rio Grande do Sul. A única vez que os dois times se enfrentaram no Passo D’Areia foi em 2010, numa partida amistosa que terminou com a vitória gaúcha por 3 a 0. Na conta, são cinco jogos, com duas vitórias do Tigre e três do Zequinha. No 1º turno, quem levou a melhor foi o Criciúma, que derrotou o São José pelo placar de 2 a 0.

Arbitragem 

A arbitragem de São José e Criciúma vem do Mato Grosso. Alinor Silva da Paixão comanda a partida com o auxílio de Marcelo Grando e Gislan Antonio Garcia da Silva.

Transmissão

A equipe Tabelando transmite o confronto pelo Facebook do Portal Engeplus. Eduardo Madeira comanda a equipe que conta com Moisés Souza no plantão, Emerson Crippa e Beto Locks nos comentários.