InternetData CenterAssinante

Prefeito Clésio Salvaro assina decreto que suspende futebol em Criciúma

Chefe do Poder Executivo esteve reunido com a direção carvoeira na manhã de hoje
Prefeito Clésio Salvaro assina decreto que suspende futebol em Criciúma
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 13/07/2020 às 10:14

A cidade de Criciúma não terá futebol profissional e amador por dez dias. A decisão foi tomada na manhã desta segunda-feira, dia 13, em reunião com o prefeito Clésio Salvaro e o presidente do Tigre, Jaime Dal Farra.

A informação foi confirmada por Dal Farra ao Portal Engeplus. Ele afirmou que serão 10 dias sem a bola rolar no gramado do estádio Heriberto Hülse. “Os treinos continuarão normalmente. Obviamente que com todos os cuidados necessários que sempre tivemos. Mas futebol, não terá”, garante.

A cidade de Criciúma receberia nesta terça-feira, dia 14, a partida entre Atlético Tubarão e Concórdia pelo primeiro jogo do playoff contra o rebaixamento do Campeonato Catarinense, já que a Prefeitura de Tubarão também decretou nesse domingo que não pode ter futebol no município. “O Governo de Criciúma deve encaminhar o ofício também para a Federação Catarinense de Futebol (FCF) sobre o novo decreto”, declara Dal Farra. 

A instituição esportiva cancelou os jogos de volta das quartas de final do Campeonato Estadual. A pressão exercida pelo Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Santa Catarina em proteger os jogadores fez o presidente da FCF, Rubens Angelotti, seguir este caminho. A partida entre Avaí e Chapecoense já havia sido cancelada no início da tarde do último sábado. Casos confirmados de Covid-19 no Criciúma e no Joinville foram determinantes para tomar esta decisão.