InternetData CenterAssinante

Paulo Gianezini garante que equipe vai melhorar com a parada no Catarinense

Tigre entra em campo pelo estadual apenas no dia 1º de março
Paulo Gianezini garante que equipe vai melhorar com a parada no Catarinense
Foto: Rafaela Custódio / Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 21/02/2020 às 08:28

O Criciúma entra em campo pelo Campeonato Catarinense apenas no próximo dia 1º de março, diante do Brusque, no Estádio Heriberto Hülse, pela 7ª rodada. Até lá, o elenco carvoeiro poderá trabalhar e buscar melhorar o rendimento dentro de campo.

O goleiro Paulo Gianezini ressaltou que o grupo está crescendo no Catarinense e com duas semanas para trabalhar o elenco tentará melhorar a saída de bola. “Estamos podendo aprimorar o que ficou faltando nas últimas partidas e mesmo assim teremos um jogo-treino [na manhã desta sexta-feira] e levaremos muito a sério como se estivesse valendo os três pontos”, afirma. 

O goleiro Agenor chegou recentemente ao clube e já está treinando com o restante do elenco, inclusive ao lado de Gianezini. “É sempre um acréscimo. Não só para o grupo, mas também para o clube pela história que ele tem. O conheço desde a base do Internacional, temos uma amizade de longa data e um puxa o outro para evoluir. Tentamos sempre evoluir juntos”, pontua. 

“Nossa saída de bola vai melhorar um pouco e da mesma forma que nós paramos em um momento bom, o Brusque também parou em um momento bom. Acho que eles também vão tentar melhorar. A pegada tem que continuar da maneira que está. A nossa consistência defensiva está muito boa. Foram seis gols sofridos, mas quatro de pênaltis”, observa. 

Sabia que o Portal Engeplus tem um grupo exclusivo no WhatsApp, onde divulga as notícias diárias? Quer entrar? É só clicar aqui.

O camisa 1 do Tigre comenta que o elenco está buscando a classificação entre os quatro primeiros colocados para disputar a segunda partida em casa no quadrangular final. “Havia uma dúvida do que seria o Criciúma no Campeonato Catarinense e hoje temos 50% dos pontos conquistados e poderíamos ter mais se não fosse a questão da arbitragem. Se nos dois próximos jogos em casa nós conquistarmos duas vitórias, vamos a 15 pontos e o G4 é bem possível”, analisa.

“Não gostamos de lembrar do passado, pois foi bem doído. A Copa do Brasil foi uma eliminação bem ruim. O grupo está sabendo lidar com as críticas. A entrega é o principal é só tende a melhorar”, comenta. 

O Tigre enfrenta nesta manhã de sexta-feira, às 10 horas, o Atlético Tubarão em jogo-treino no estádio Estádio Domingos Silveira Gonzales.

Leia mais sobre: