InternetData CenterAssinante

Médico do Criciúma avalia jogadores e explica lesões

O próximo compromisso do Tigre é diante do Joinville no domingo, dia 15, às 16 horas
Médico do Criciúma avalia jogadores e explica lesões
Foto: Celso da Luz | Criciúma E.C
Por Rafaela Custódio Em 12/03/2020 às 08:33

O Criciúma entra em campo apenas no domingo, dia 15, às 16 horas, diante do Joinville. Além de uma semana para trabalhar, já que o último jogo foi no último fim de semana, a comissão técnica possui tempo para recuperar os atletas que estão no departamento médico. 

O médico do clube, Ricardo Furtado explicou nessa quarta-feira, dia 11, sobre as lesões dos carvoeiros. “O goleiro Paulo Gianezini teve um trauma no ombro esquerdo. Ele fez tratamento de três dias e já voltou a treinar normalmente e está apto a jogar”, garante.  “Andrew (atacante) sofreu uma fratura no dedo do pé esquerdo e já entrou na transição durante a semana. Vai treinar durante o fim de semana e na próxima terça-feira, dia 17, volta a trabalhar com o grupo”, acrescenta. 

O atleta mais recente no departamento médico é o lateral-direito Carlos César. “Ele sofreu um trauma no tornozelo. No intervalo ele poderia voltar (contra o Figueirense) mas resolvemos tirá-lo do jogo para não agravar o problema. Durante esta semana o atleta vai tratar e será poupado diante do Joinville”, explica.

Furtado ressalta que as contusões fazem parte do futebol. “No início da temporada tem uma chance maior. As lesões foram por traumas e não musculares”, comenta. “As paradas são boas para recuperar os atletas. O intervalo será bom para os jogadores. Sempre avaliamos todos os atletas e passamos um relatório para a comissão técnica de todos os jogadores. Em conjunto fazemos uma avaliação física. Não influencio se vai jogar ou não”, completa. 

Dois zagueiros estão sendo acompanhados pelo médico do clube. “O zagueiro Léo Santos está praticamente 100% recuperado. Ainda falta a última avaliação para saber se ele treina com o grupo ou não. Já o Fábio está há uma semana machucado e deve ficar mais 10 a 12 dias no departamento médico e pode estar apto ainda neste campeonato”, declara.

A equipe do técnico Roberto Cavalo ainda treina nesta quinta-feira, dia 12, no Centro de Treinamento Antenor Angeloni visando o confronto diante do Jec.

Leia mais sobre: