InternetData CenterAssinante

Criciúma vence o Joinville fora de casa e enfrenta o Marcílio Dias no mata-mata

Tigre venceu o Jec por 1 a 0 na tarde deste domingo, dia 15, pela 9ª rodada do Catarinense
Criciúma vence o Joinville fora de casa e enfrenta o Marcílio Dias no mata-mata
Foto: Yan Pedro/JEC
Por Rafaela Custódio Em 15/03/2020 às 18:05

O Criciúma encerrou a primeira fase do Campeonato Catarinense com vitória. O triunfo foi diante do Joinville por 1 a 0, na Arena do Jec. O confronto foi disputado na tarde deste domingo, dia 15, pela 9ª rodada do torneio estadual. O gol da partida foi marcado pelo volante Foguinho ainda na etapa inicial. 

Com a vitória, o Tigre enfrenta o Marcílio Dias no mata-mata. O Criciúma terminou a primeira fase do Catarinense em 5º lugar com 13 pontos e o seu próximo adversário uma posição acima com 15 pontos. 

Primeiro tempo

O Criciúma iniciou a partida com mais posse de bola e buscando os lados do campo para chegar ao ataque. Mas o Joinville, bem postado dentro de campo, acabou não oferecendo muitas oportunidades para os visitantes até os sete minutos, quando o lateral-esquerdo Kaike arriscou um chute de fora da área, porém a bola subiu demais e o goleiro Ivan apenas acompanhou o chute. 

Quem não faz, leva 

Mesmo com o Criciúma com mais posse de bola, foi a equipe do Joinville que teve a primeira oportunidade da partida, aos 11. Após troca de passes, a bola sobrou para Romarinho. O atacante tirou a marcação e chutou no gol, entretanto o goleiro Agenor com a mão esquerda conseguiu espalmar para a linha de fundo e afastou o perigo. 

O primeiro gol da partida foi do time carvoeiro, aos 12. A equipe do Sul de Santa Catarina balançou as redes com Foguinho. Após contra-ataque, Alisson Taddei recebeu pelo meio-campo, arrancou com a redonda e tocou para o volante tricolor que entrou na área e chutou na saída do goleiro Ivan. 

Aos 18, o Criciúma teve uma chance para ampliar o marcador. Em cobrança de falta, Alisson Taddei colocou a bola dentro da área, porém o arqueiro Ivan subiu mais que o ataque carvoeiro e ficou com ela. Quatro minutos depois, o Tigre teve mais uma oportunidade com bola parada, mas desta vez a cobrança foi de Léo Ceará. O camisa 11 cobrou o escanteio, entretanto a zaga afastou o perigo. 

A equipe do Joinville quase empatou a partida com Romarinho aos 25. Depois de um cruzamento da lateral-esquerda, o zagueiro Vitão tirou mal a bola que sobrou para o atacante do Jec, porém sem muito ângulo, a bola acabou apenas resvalando nele e saiu pela linha de fundo. 

O Joinville voltou assustar o Criciúma, aos 33. Romarinho recebeu em profundidade pela lado direito, entrou na área e no momento do cruzamento acabou parando no zagueiro Vitão que jogou a bola para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, a zaga carvoeira afastou o perigo. 

O atacante Fernandinho recebeu a bola no meio-campo e arrancou até a intermediária, o camisa 11 arriscou o chute, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo.

Segundo tempo 

O técnico Roberto Cavalo mexeu na equipe no intervalo da partida e trocou um volante por outro. Deixou o gramado Foguinho e entrou Christofer. 

Diferente da etapa inicial, o segundo tempo começou com o Joinville buscando mais o gol e visando empatar o duelo. Mesmo com mais posse de bola, a equipe do Jec não conseguiu uma chance real de balançar as redes até os 9 minutos, quando Romarinho entrou na área e chutou no gol, porém Vitão conseguiu cortar a bola para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, a zaga do Criciúma afastou o perigo, porém os donos da casa recuperaram a bola e Fernandinho entrou na área pelo lado esquerdo e cruzou, porém o atacante Lima não alcançou o passe e acabou perdendo a oportunidade de empatar o confronto. 

A primeira chance do Criciúma veio aos 15. Alisson Taddei arrancou pela direita, entrou na área, porém a zaga do Joinville conseguiu afastar a bola para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, novamente a defesa conseguiu tirar o perigo. 

Aos 28, o Tigre voltou a entrar na área adversária. Alisson Taddei tocou para Victor Guilherme, o lateral entrou na área e bateu cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo. 

Agenor salva o Criciúma 

O Joinville teve a oportunidade de empatar a partida aos 30 minutos. O lateral-direito Victor Guilherme cometeu pênalti em Fernandinho. O atacante Lima foi para cobrança, cobrou no canto direito, porém Agenor fez a defesa. 

O técnico Roberto Cavalo fez duas substituições na equipe nos minutos finais. Deixaram o gramado Alisson Taddei e Taylon e entraram Jajá e Daniel Cruz, respectivamente. 

O goleiro Agenor voltou a salvar o Criciúma aos 42. Edson Ratinho recebeu em profundidade, entrou na área e chutou em meia altura no gol do Tigre, mas o arqueiro carvoeiro conseguiu espalmar e afastar o perigo. 

Com a vitória diante do Joinville, a equipe carvoeira terminou a primeira fase do Campeonato Catarinense em 5º lugar com 13 pontos conquistados. O adversário do Tigre na próxima fase será o Marcílio Dias que terminou e, 4º colocado com 15 pontos. O Criciúma disputa a primeira partida no Estádio Heriberto Hülse e o segundo jogo no estádio Estádio Dr. Hercílio Luz.

Ficha técnica - Joinville x Criciúma - 9ª rodada do Campeonato Catarinense 

Data/Hora: domingo, dia 15 de março, às 16 horas;

Local: Arena Joinville, em Joinville 

Público: 2.333 pessoas

Renda: Não informada 

Arbitragem: Gustavo Baggio Ratti apitou o jogo. Ele foi auxiliado por Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes. 

Gol: Foguinho (12’1’T) CRI);

Cartões amarelo: Adenilson (28’1’T), Kaike (17’2’T) Rodrigo Milanez (30’2’T) (CRI); Melo (48’2’T), Wallisson (49’2’T) (JEC)

Joinville: Ivan; Edson Ratinho, Ramirez (Wellington Saci), Eduardo Melo e Gustavo; Bulhões, Kadu, Lucas de Sá e Romarinho (Wallisson); Fernandinho e Lima (Robert). 

Criciúma: Agenor; Victor Guilherme, Rodrigo Milanez, Vitão​ e Kaike; Adenilson, Eduardo, Foguinho (Christofer), Alisson Taddei (Jajá); Léo Ceará e Taylon (Daniel Cruz). 

 Técnico:Roberto Cavalo