InternetData CenterAssinante

Com faixas e cartazes, torcida tricolor protesta contra diretoria

Torcedores protestam principalmente contra a eliminação na Copa do Brasil
Com faixas e cartazes, torcida tricolor protesta contra diretoria
Foto: Rafaela Custódio/Portal Engeplus
Por Jessica Rosso e Rafaela Custódio Em 06/02/2020 às 20:42

Os torcedores do Criciúma irão demorar para digerir a goleada sofrida para o Santo André por 4 a 1 pela primeira fase da Copa do Brasil nessa quarta-feira, dia 5. O resultado negativo resultou na eliminação precoce da competição nacional e um protesto em frente ao Estádio Heriberto Hülse na noite desta quinta-feira, dia 6. 

Na atual temporada entre Catarinense e Copa do Brasil, o Tigre disputou cinco jogos, conquistou uma vitória, duas derrotas e dois empates. O sócio torcedor, Lucas Perraro Dias, afirmou que veio ao protesto pois está incomodado com a atual gestão do clube.

“A fase é triste e está escancarado para todos. O presidente (Jaime Dal Farra) acha que o Criciúma é um parquinho. Conselho Deliberativo é muito omisso e não se manifesta. São sempre as mesmas desculpas. Em 2019, caímos para a Série C e este ano precisamos que algo aconteça. Está bem triste. Tem jogo que dá vontade de chorar. O Criciúma tem um nome tão grande em Santa Catarina e no país, mas estão fazendo com que o time seja pequeno com essa direção ridícula”, pontua.  

Os torcedores levaram faixas escritas com “Fora Dal Farra” e “Pior time da história”. Além disso, os carvoeiros acenderam diversas velas também em protesto. 

O sócio do clube, Carlos Henrique, relata que está sofrendo com atual fase do Criciúma. “Estamos cansados de tudo que está acontecendo. Estamos sempre apoiando, mas a gestão do presidente (Jaime Dal Farra) não dá mais. Estamos cansados de tudo que estamos vendo nos últimos anos”, comenta.  

Franciele Fogaça de Oliveira ressalta que é um momento delicado e o protesto não é contra os jogadores. “Nosso protesto é contra a gestão, apenas. Estamos cansados de viver tudo que estamos vivendo. Queremos resultado”, afirma. Na manhã desta quinta-feira também houve um protesto. Uma faixa também foi esticada no Majestoso “Vexame histórico”

Campeonato Catarinense 

O Tigre entra em campo neste domingo diante do Avaí, às 16 horas, no estádio da Ressacada, pela quinta rodada do Campeonato Catarinense.