InternetData CenterAssinante

Cavalo comemora a estreia com vitória, mas ainda aguarda evolução da equipe

Tigre volta a campo no próximo domingo, dia 26, contra o Concórdia
Cavalo comemora a estreia com vitória, mas ainda aguarda evolução da equipe
Foto: Thiago Hockmüller/Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 22/01/2020 às 21:58

O Criciúma venceu o Concórdia na noite desta quarta-feira, dia 22, na estreia do Campeonato Catarinense. A vitória, pelo placar de 2 a 1, foi comemorada pelo técnico Roberto Cavalo, que exaltou a recuperação do time na partida. Ao mesmo tempo, Cavalo acredita na evolução da sua equipe, que volta a campo no próximo domingo, dia 26, em Jaraguá do Sul, quando enfrenta o Juventus.

“O jogo começou equilibrado. Não era surpresa a forma como o Concórdia está jogando, com mais entrosamento. Nós fomos mais na determinação. Tivemos um primeiro tempo com troca de passes, jogadas mais agudas, mas não criamos. Precisamos acelerar a troca de passes, ter jogadas individuais principalmente com o Alisson Taddei”, disse o treinador.

Na avaliação do técnico o intervalo foi fundamental para o Criciúma. O time desceu para o vestiário atrás do placar, mas conseguiu a virada no segundo tempo. “Corrigimos no intervalo. Falamos com os jogadores para eles não podiam perder a cabeça. Era para esperar, porque o Concórdia também iria sentir a parte física. Conseguimos o gol do empate no tempo certo e depois veio o empate”, comentou o Cavalo.

Para enfrentar o Juventus, a técnico do Tigre prometeu melhorar alguns pontos da equipe. “Tivemos um treinamento melhor do que começamos o jogo. É normal, tem a ansiedade e até um nervosismo”, analisou Cavalo. Ele espera também a evolução de alguns jogadores, entre eles o jovem atacante João Carlos, de 18 anos, que iniciou o jogo diante do Concórdia como titular e foi substituído no intervalo.

"Estamos implantando no Criciúma o espírito de um time mais aguerrido, mais valente, e para isso vamos precisar muitas vezes abrir mão de uma jogada mais aguda, mais técnica. Nosso time teve paciência e o mais importante veio de fora, que foi a torcida. Alguns jogadores ainda vão evoluir, como o Jajá, o João Carlos o Alisson Taddei. O importante é que a vitória nos deixa mais leve para o próximo jogo”, completou.