InternetData CenterAssinante

Atlético Tubarão entra com pedido de liminar no TJD para pedir o fim do Campeonato Catarinense

Caso pedido não seja acatado, Peixe pede que não haja rebaixamento de equipes
Atlético Tubarão entra com pedido de liminar no TJD para pedir o fim do Campeonato Catarinense
Foto: Foto: Leonardo Hübbe
Por Lucas Renan Domingos Em 23/07/2020 às 15:38

O Atlético Tubarão entrou com pedido de liminar no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD/SC) contra a Federação Catarinenses de Futebol (FCF). O Peixe pede o cancelamento do Campeonato Catarinense de futebol. A equipe da Cidade Azul briga contra o Concórdia para não ser rebaixado na competição e a primeira partida na disputa pelo descenso está marcada para o dia 27 de julho, na próxima segunda-feira.

No documento encaminhado ao TJD/SC, o Atlético Tubarão entende que a decisão da FCF em manter o campeonato “viole os interesses dos clubes e atletas, tendo em vista que a situação da pandemia, por si só, esvazia o propósito da continuidade da Série A do Campeonato Catairense, cuja suspensão seu deu há aproximadamente quatro meses”, destaca o pedido de liminar.

Outra pontuação feita pelo Peixe é sobre a situação financeira dos clubes diante da pandemia coloca algumas equipes em desvantagem. Na argumentação do Atlético Tubarão, “os clubes catarinenses envolvidos na competição – especialmente os menores – em função das dificuldades econômicas e de determinações estaduais e municipais diversas, impeditivas, por exemplo, de realização de treinos, suportaram abalos técnicos que impedem a continuidade da competição em grau de justiça”.

O documento ressalta ainda a preocupação com a saúde dos atletas depois de casos positivados de jogadores dentro da competição: “Os atletas serão colocados em risco de contaminação, conforme reconhecido pelas próprias autoridades públicas que estão a proibir a realização dos jogos nos moldes pretendidos pela FCF”.

Pedido por anular o descenso

No mesmo pedido de liminar, o Atlético Tubarão pede para que, caso o cancelamento do campeonato não seja atendido, que o TJD/SC autorize a flexibilização da regra do descenso, impedindo que Peixe ou Concórdia sejam rebaixados.

“Em tal sentido, se roga a este Tribunal de Justiça Desportiva para que aprecie a presente demanda com atenção aos interessados do desporto, os quais estão sendo aparentemente esquecido diante da situação que se coloca. Em função da pandemia e das consequências decorrentes, pede-se que: (a) a Série A do Campeonato Catarinense 2020 seja encerrada no estado em que atualmente se encontra; e (b) continuado ou não o campeonato, a regra do descenso seja flexibilizada para garantir que nenhum clube seja rebaixado”, aponta o documento.