InternetData CenterAssinante

Após três meses parado, criciumense volta a treinar com equipe no Bahrein

Matheus Candido relata protocolo rígido para retorno dos treinos no país
Após três meses parado, criciumense volta a treinar com equipe no Bahrein
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 30/06/2020 às 10:49

Aos poucos o futebol vai retornando no mundo e os times vão se adaptando aos protocolos sanitários para a sequência das competições. No Bahrein não é diferente. O criciumense Matheus Candido, de 21 anos, que defende o Sitra Club, retornou aos treinos no último fim de semana, após três meses de paralisação das atividades esportivas.

O atleta permaneceu no país com a esposa durante a pandemia da Covid-19 e destaca que o Bahrein também adotou medidas restritivas no combate ao coronavírus. “Assim como todos os cantos do mundo, aqui as atividades também foram paralisadas. Ficamos por um bom tempo treinando em casa e agora estamos voltando ainda com restrições”, afirma Candido.

Dentre as exigências a serem cumpridas para o retorno dos treinos estão a limitação de grupos entre quatro e sete atletas, com distanciamento de 1,5 metro, e a medição de temperatura antes dos trabalhos. “Estamos nos adaptando e trabalhando com muita seriedade, pois a informação que temos é de que o campeonato volte no início de agosto e ainda lutaremos para ficar entre os melhores”, finaliza o lateral-direito.

No Brasil, o criciumense atuou nas categorias de base de times como Internacional (RS), Criciúma (SC), Figueirense (SC) e Ceará (CE). Candido está jogando no Bahrein desde 2019.