InternetData CenterAssinante

A volta da torcida aos estádios no Campeonato Brasileiro pode começar pelo Rio de Janeiro

Prefeitura e Ferj querem público no jogo Flamengo x Athlético-PR, no dia 4 de outubro
A volta da torcida aos estádios no Campeonato Brasileiro pode começar pelo Rio de Janeiro
Foto: Divulgação/Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro
Por Lucas Renan Domingos Em 19/09/2020 às 11:59

O Campeonato Brasileiro pode voltar a contar com a presença da torcida no dia 4 de outubro. A data foi definida em reunião envolvendo a Prefeitura do Rio de Janeiro e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Uma  nova reunião deve ser agendada para a próxima semana para definir os detalhes. 

O retorno dos torcedores aconteceria na partida entre Flamengo e Athletico-PR, no Estádio do Maracanã, confronto válido pela 13ª rodada da disputa nacional. Algumas medidas sanitárias para contar com a presença da torcida também já foram adiantadas. A primeira é que este primeiro jogo será com o estádio tendo a capacidade limitada a um terço de seu total. Também “será obrigatório o uso da máscara de proteção e aferição de temperatura na entrada”. Por fim, “para evitar aglomerações, a venda dos ingressos será pela internet”.

Mas o assunto já tem provocado descontentamentos. O presidente do Corinthians, André Sanchez, se manifestou via Twitter sobre a possibilidade da presença de torcida Estado do Rio de Janeiro. Sanchez disse não concordar com a decisão de somente os times cariocas contarem com apoio de seus torcedores e disse que, se isso acontecer, o Corinthians não entrará em campo no Campeonato Brasileiro. 

A possibilidade da volta de público nos estádios tem ganhado força nos última dias. Nesta semana, a própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sinalizou pela tentativa de retorno. Um relatório com as diretrizes a serem adotadas foi elaborado e encaminhado para o ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, que deverá analisar a proposta. 

Até mesmo em Criciúma já há tentativas para a presença de torcedores no Estádio Heriberto Hülse, para acompanhar os jogos do Criciúma. Membros da toricida organizada Guerrilha Jovem entraram na Justiça pedindo autorização para comparecerem ao Majestodo em dias que o Tigre estiver em campo. Segundo o advogado da Guerrilha, Fábio Martins Cardoso, a tentativa é para colocar cinco torcedores da organizada para assistir aos jogos. Em Santa Catarina, a presença de público nos estádios segue proibida.

Leia também:

Torcida Guerrilha Jovem entra com ação na justiça para assistir aos jogos no Heriberto Hülse