InternetData CenterAssinante

'O próximo investidor começará do zero, não terá base, jogadores e funcionários', afirma Alamini

Presidente do Conselho Deliberativo do Criciúma falou sobre a saída de Jaime Dal Farra
'O próximo investidor começará do zero, não terá base, jogadores e funcionários', afirma Alamini
Foto: Rafaela Custódio / Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 15/05/2020 às 12:23

A manhã desta sexta-feira, dia 15, foi marcada por esclarecimentos do Conselho Deliberativo do Criciúma na sala de imprensa Clésio Búrigo, no estádio Heriberto Hülse, após a renúncia do presidente do Tigre, Jaime Dal Farra. O mandatário do clube ficará até o dia 31 de dezembro ou antes, porém algum investidor precisará assumir o time. 

Conforme o presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Henrique Alamini o comunicado de Dal Farra aconteceu no dia 13 de maio, justamente no aniversário do Criciúma. "Seria indelicado da nossa parte estragarmos a surpresa que iria acontecer na data festiva do aniversário e seguramos a correspondência para o dia seguinte. Nessa quinta-feira fizemos uma reunião e reunimos o Conselho Deliberativo e Gestão de Ativos (GA) e fizemos em conjunto um estudo de como nós iríamos divulgar [a saída do presidente] aos simpatizantes do Criciúma", comentou. 

Segundo Alamini, a carta de saída foi entregue ao clube no dia 20 de março, porém a renúncia aconteceu no dia 13 de maio, porque era o último dia para rescindir o contrato. Isto porque teria que acontecer 180 dias antes do último jogo do Tigre em 2020, que acontecerá no dia 8 de novembro pela Série C do Campeonato Brasileiro. 

"Nós precisamos nesse momento de muita conversação e equilíbrio na transição. Nós vamos ter que trabalhar com a executiva. O Conselho [Deliberativo] estará acompanhando dia a dia e vamos buscar novos investidores. Vamos buscar outras modalidades de gestão. Vamos receber todas essas informações e vamos discutir tudo junto ao Conselho", afirmou Alamini. 

Em entrevista ao jornalista Thiago Hockmüller, do Portal Engeplus, Dal Farra sugeriu três nomes para assumir o clube, Alexandro Delupo, Beto Colombo e Ricardo Brandão, mas o presidente do Conselho afirmou que não tem nada oficial até o momento. "Tudo não passa de articulações. Nós vamos dar um jeito, vamos fazer reuniões online e estaremos ativos a partir de agora", declarou.  

E em 2021, será uma nova gestão? 

O presidente do Conselho deixou claro que a partir do dia 31 de dezembro de 2020 o clube não terá dinheiro em caixa, ou seja, precisará de investimentos para manter suas atividades. "Precisamos começar 2021 com outra gestão e que seja positiva para o Criciúma. Nada mais nos surpreende, esse momento não significa dizer que estamos tristes ou preocupados, pois o Criciúma é conhecido nacionalmente e o Tigre é muito grande", analisou. 

Em 2020, os jogadores continuarão no clube, porém em 2021, não será assim. "O próximo investidor começará do zero, não terá base, jogadores e funcionários. Os jogadores hoje são do Criciúma Esporte Clube, pois para eles serem filiados a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) precisam de um clube, pois não é a GA que está na CBF, e sim, o Criciúma. O Jaime pegará seus jogadores e colocará em outro clube a partir de 2021", declarou.  

Alamini declarou que o Conselho está sim pensando como trabalhar sem investidores. "Teremos que trabalhar em Criciúma mesmo. Não podemos nos ausentar do estadual e nem do nacional. Não podemos deixar o Criciúma de qualquer maneira. Tenho certeza que vamos conseguir um investidor para fazer o clube ainda maior", pontuou.

Alamini defendeu Jaime Dal Farra 

O presidente do Conselho Deliberativo defendeu Jaime Dal Farra e relatou que ele sempre trabalhou para o clube. "Nós trabalhamos sempre em harmonia do clube. O Jaime tentou, mas não conseguiu. Ele foi azarado e quem está ao lado dele sabe o quanto ele tentou e o quanto fez para o clube. Não deu e elegantemente está pedindo a saída", finalizou. 

Leia Também 

O desabafo de Dal Farra após o rompimento anunciado para dezembro; três nomes serão indicados 

Linha do Tempo: a trajetória de Jaime Dal Farra no comando do Criciúma Esporte Clube

Leia mais sobre: