InternetData CenterAssinante

Volante Wesley avalia Criciúma com nova filosofia

Tigre enfrenta o America-MG no próximo sábado, dia 11, pela 3ª rodada da Série B
Volante Wesley avalia Criciúma com nova filosofia
Foto: Jéssica Rosso / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 07/05/2019 às 08:00

O elenco tricolor terá a semana cheia para trabalhar. O próximo compromisso é no sábado, dia 11, às 11 horas, diante do América-MG, no estádio Heriberto Hülse. O confronto é válido pela 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Tigre somou apenas um ponto na competição em seis disputados. Uma derrota para o Cuiabá e empate contra a Ponte Preta.

O volante Wesley chegou recentemente ao clube carvoeiro. O atleta atuou em seis partidas. Ele ressalta que o futebol é dinâmico e muda muito rápido. “Contra o Cuiabá não conseguimos impor nosso ritmo dentro da nossa casa, mas também queremos o resultado o quanto antes. Contra a Ponte Preta nós conversamos e postamos um ritmo bacana. Todo mundo está focado no que tem que fazer. Temos que continuar assim”, comenta.

Já sobre o técnico Gilson Kleina, o volante lembra que é um começo de trabalho. “É uma nova filosofia. O futebol é dinâmico. Jogo a jogo e trabalhar. O grupo é bacana”, ressalta. 

O Tigre só conquistou um ponto na competição. O primeiro colocado Botafogo(SP) possui seis pontos em dois jogos. “A princípio é um começo de trabalho. Se conseguirmos um resultado positivo no próximo fim de semana já muda o discurso. Vamos em busca. Estaremos jogando dentro da nossa casa”, explica. 

O grupo terá a semana cheia para trabalhar. O defensor comenta que isso é importante. “Todo o tempo de treinamento é fundamental. Quando tem o tempo é de grande importância”, observa. 

A partida será disputada às 11 horas. Será o primeiro jogo neste horário nesta temporada do Criciúma. “É um horário diferente e precisamos nos adaptar. Muda a alimentação, o café da manhã. Mas a questão de se adaptar, somos profissionais”, relata. 

Wesley afirmou que no Majestoso, o Criciúma precisa somar pontos. “Dentro da nossa casa e com o apoio dos torcedores, acho que não tem como pensar em outro resultado. Estamos trabalhando muito. O futebol é 11 contra 11, mas vamos fazer de tudo para sairmos com o resultado”, finaliza.