InternetData CenterAssinante

Técnico Roberto Cavalo fala em desgaste e mudanças

Criciúma foi derrotado por 1 a 0 para o CRB no Majestoso
Técnico Roberto Cavalo fala em desgaste e mudanças
Foto: Thiago Hockmüller / Portal Engeplus
Por Jessica Rosso Em 18/10/2019 às 21:54

O técnico do Criciúma Roberto Cavalo, em coletiva de imprensa, após a derrota para o CRB, por 1 a 0, disse que conversou com os jogadores após a partida e fará mudanças para o confronto contra o Figueirense. O desgate dos jogadores e a pressão pela atual situação que vive o time, que está mais próximo do rebaixamento para série C, resultaram em erros fatais contra o adversário nesta noite. O confronto ocorreu na noite desta sexta-feira, dia 18, no Estádio Heriberto Hülse, pela 30ª rodada. 

"O CRB é um time leve, que dribla. Nós chegamos, finalizamos, às vezes de longe, para fora, e isso é porque falta tranquilidade. Tem jogadores que estão com dificuldade para finalizar até pelo momento que vivemos, e às vezes, os jogadores tomam decisões erradas por isso", comentou o técnico.

Sem focar na tabela, Cavalo disse que a preocupação agora está em mobilizar a equipe para o próximo confronto pensando apenas nos três pontos. Ele disse que irá analisar alguns jogadores que estão desgastados tanto fisicamente quando emocionalmente. "Temos uma semana de trabalho, e é um clássico. Temos que fazer uma semana malhor, analisar bem quem vai estar 100% no jogo contra o Figueirense. Vamos agaurdar a rodada e agora é mobilizar o grupo", disse. O sistema defensivo é a preocupação. "Temos que achar os jogadores certos, que possam corresponder da melhor maneira possível e achar quem faça o gol", pontuou.

Sobre os protestos realizados pela torcida na noite de hoje e o clima após o jogo, o técnico disse que a torcida é quem sofre mais. "Poucos times têm uma torcida como essa que vem a campo, principalmente em uma fase ruim. Dói muito. O Criciúma é muito grande e pesa para o atleta essa responsabilidade que é vestir a camisa do Criciúma, e é pressão, mas isso vai ter que sair. Tivemos bons jogos e hoje o time foi bem, mas no meu entender não foi o suficiente", ressaltou.