InternetData CenterAssinante

Próspera ainda não foi notificado sobre possível partida contra o Blumenau

Clube do Vale ganhou na Justiça o direito de disputar as seis partidas que lhe restam
Próspera ainda não foi notificado sobre possível partida contra o Blumenau
Foto: Heitor Carvalho / Arquivo Engeplus
Por Heitor Carvalho Em 16/09/2019 às 15:55

Excluído da Série B do Catarinense no dia 22 de julho, o Blumenau Esporte Clube ganhou no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Cataraina (TJD-SC) o direito de disputar as seis partidas que foi impedido de jogar. Em função da exclusão do Blumenau, o Próspera que terminou o Catarinense na última colocação, com 13 pontos, não foi rebaixado para a Série C.

A exclusão do time de Blumenau da competição se deu por conta do clube perder duas partidas por W.O., a primeiro contra o Fluminense pela 10ª rodada e depois para o Concórdia na 12ª rodada. A partida contra o Fluminense foi cancelada por ausência do Laudo de Prevenção e Combate a Incêndio vigente do estádio Ervin Blaese, já contra o Concórdia o jogo foi anulado porque o Laudo de Segurança do estádio, expedido pela Polícia Militar em 16 de julho de 2019, foi reprovado.

De acordo com o Michel Silveira, diretor administrativo do Próspera, o clube ainda não foi notificado sobre nenhuma mudança na tabela de jogos ou na classificação. “Acredito que esses jogos não irão acontecer. Os times jogariam totalmente desfalcados”, afirma.

Ainda de acordo com o diretor do Time da Raça, o clube já está pensando na Série B do ano que vem. “Estamos acertando a permanência de alguns atleta, renovando, mas estamos fazendo isso porque decidimos nos planejar de forma antecipada dessa vez”.

O jornalista Andrei Kampff, especializado em direito esportivo trouxe no site Lei em Campo uma postagem explicando sobre a questão envolvendo a Federação Catarinense de Futebol (FFC) e o Blumenau.