InternetData CenterAssinante

Jogadores do Paraná ameaçam não concentrar antes do duelo com o Criciúma

Atletas cobram o pagamento de dois meses dos direitos de imagem
Jogadores do Paraná ameaçam não concentrar antes do duelo com o Criciúma
Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube
Por Thiago Hockmüller Em 23/08/2019 às 11:50

O Paraná, adversário do Criciúma neste sábado, dia 24, pela 18ª rodada da Série B, vive momentos conturbados fora das quatro linhas. Os jogadores cobram a diretoria pelo não pagamento de dois meses dos direitos de imagem, montante que compõe a maior parte dos vencimentos dos atletas.  

Segundo informado pelo portal Tribuna do Paraná, a greve realizada pelos jogadores do Figueirense, que não entraram em campo contra o Cuiabá, motivou o elenco paranista a cobrar soluções para o impasse. E para tanto, existe a possibilidade dos atletas não concentrarem no Centro de Treinamento Ninho da Gralha, na Região Metropolitana de Curitiba, para o duelo contra o Criciúma. A definição ocorre logo após o treino desta manhã em reunião com a diretoria do clube.

Antes da atividade, o assunto foi levado ao presidente do Paraná, Leonardo Oliveira. “Isso foi uma das pautas dentro da reunião, essa questão da concentração. Não tem nada definido e isso vai acontecer realmente após o treinamento”, afirmou o técnico da equipe, Matheus Costa, ao Tribuna do Paraná. 

Paraná e Criciúma se enfrentam a partir das 11 horas, no estádio Durival Britto, a famosa Vila Capanema, em Curitiba. O Criciúma é 18º colocado com 17 pontos. Já o Paraná é 11º, com 24. 

Leia mais

Paraná e Criciúma: tricolor quer vitória para deixar a zona do rebaixamento