InternetData CenterAssinante

Içara: medalhistas de caratê do Pan-americano são recebidas com festa

Atletas participaram de uma carreata pelas principais ruas do Centro da cidade
Içara: medalhistas de caratê do Pan-americano são recebidas com festa
Foto: Jessica Rosso
Por Jessica Rosso Em 13/08/2019 às 19:00

A recepção do trio içarense de caratecas Izabel Cardoso, 23 anos de idade, e as irmãs Carolaini e Sabrina Pereira, de 18 e 21 anos, foi de muita emoção. Após conquistar medalha de bronze nos jogos Pan-americanos de Lima, as atletas foram recebidas na tarde desta terça-feira, dia 13, na Prefeitura Municipal de Içara por lideranças, amigos e familiares. Logo depois, elas participaram de uma carreata pelas principais ruas do Centro da cidade. 

Para Carolaini trazer o título para Içara com apenas 18 anos é muito gratificante. "São para poucos conseguir com essa idade. Se hoje eu tenho uma medalha de bronze, imagina quantas posso ter com 30 anos e quais serão os títulos". A atleta está embarcando para o Pan-americano na próxima semana. "A partir do momento que eu competi lá, foi já focando no meu individual, e lá mesmo já treinei. O foco continua e tem o mundial individual esse ano para mim", completou. 

Izabel brincou dizendo que já recebeu até apelido por ser a emotiva do trio de caratecas. "Eu só choro". A atleta lembra que foi trabalhado muito para o aperfeiçoamento que garantiu o resultado. "Antes da competição eu estava muito tranquila. Nada passava pela minha cabeça, eu só pensava no momento do resultado. E quando o árbitro deu o resultado não me aguentei. A emoção foi a flor da pele", contou. Maria Vieira, mãe da atleta Izabel contou que a filha entrou para o esporte numa brincadeira. “E olha onde ela chegou. É inexplicável”, disse.

A emoção é tanta que a atleta Sabrina ainda não se deu conta da conquista. "São duas emoções diferentes, a da conquista e a do reconhecimento. Eu olho para a medalha e penso, aquilo que eu via as pessoas conquistando na televisão, eu fui lá e conquistei", finalizou. Para o técnico Everaldo Pereira a vitória não proporciona apenas emoção mas, “mostra que vale a pena incentivar o esporte”.  

O vice-prefeito Sandro Giassi Serafin ressaltou que o trio chegou ao topo e que isso não orgulha apenas a cidade, mas é destaque no país. O prefeito Murialdo Canto Gastaldon lembrou do momento em que o resultado apontou para as meninas. “O pessoal pulava aqui. Vocês já fazem parte da história, ninguém vai tirar isso”, disse as atletas se referindo ao fato de que é a primeira vez que o Brasil conquistou essa medalha no Pan-americanos.