InternetData CenterAssinante

Finalista, time de futebol feminino de Criciúma é excluído do Jasc; FME vai recorrer

Competição está suspensa até que se esgotem os recursos
Finalista, time de futebol feminino de Criciúma é excluído do Jasc; FME vai recorrer
Foto: Divulgação
Por Thiago Hockmüller Em 06/11/2019 às 12:58

O time de futebol feminino de Criciúma, então classificado para a final dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), está excluído da competição. A decisão partiu da Comissão Disciplinar dos Jasc, que puniu as carvoeiras em julgamento ocorrido na manhã desta quarta-feira, dia 6, após denúncia de suposta irregularidade de uma das atletas inscritas na competição. A Fundação Municipal de Esportes (FME), em nota encaminhada também na manhã de hoje, pretende recorrer da decisão. 

Segundo a FME, a denúncia foi oferecida pelo São José, equipe eliminada pelas carvoeiras na semifinal. “Nos causou surpresa é que os três outros semifinalistas possuem a mesma situação de jogadoras inscritas na competição, semelhante ao nosso caso. Se nós cometemos um erro, entendemos que as três equipes cometeram também, no caso Chapecó, Caçador e o próprio município de São José”, diz a nota. 

Além do mais, a própria FME admite entrar com denúncia contra as outras equipes. Também em nota, a Coordenação Geral da Etapa Estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina comunicou a suspensão da programação da modalidade de futebol. Para hoje, estavam programados os duelos da final, entre Criciúma e Caçador, e disputa por terceiro lugar, entre São José e Chapecó. O retorno da disputa acontecerá somente depois de esgotarem os recursos por parte das equipes.  

“Por entendermos e termos provas de que todas as equipes semifinalistas têm atletas no mesmo caso que o nosso, entramos com uma denúncia contra as demais e vamos recorrer sobre nossa punição, pois a atleta inscrita não participou dos jogos, sem influenciar no resultado”, afirma a FME de Criciúma 

O time feminino da Capital do Carvão obteve classificação para a final após empatar no tempo normal e bater São José nos penaltis.  

Confira a nota completa da FME de Criciúma 

Na noite de ontem recebemos a informação de que São José entrou com denúncia contra Criciúma sobre suposta irregularidade de uma de nossas atletas do Futebol Feminino. O que nos causou surpresa é que os três outros semifinalistas possuem a mesma situação de jogadoras inscritas na competição, semelhante ao nosso caso.  

Se nós cometemos um erro, entendemos que as três equipes cometeram também, no caso Chapecó, Caçador e o próprio município de São José.  

Fomos julgados na manhã desta quarta-feira e a punição inicial foi de exclusão da competição. Porém, por entendermos e termos provas de que todas as equipes semifinalistas têm atletas no mesmo caso que o nosso, entramos com uma denúncia contra as demais e vamos recorrer sobre nossa punição, pois a atleta inscrita não participou dos jogos, sem influenciar no resultado. 

Com isso, os jogos previstos para a tarde desta quarta-feira não deverão ser realizados e a competição deverá ser paralisar nesta modalidade. 

Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma

Leia mais sobre: