InternetData CenterAssinante

Equipe de atletas do Sul se prepara para o Campeonato Brasileiro de Pole Sports

Disputa acontecerá em Itajaí nos dias 15 e 16 de junho
Equipe de atletas do Sul se prepara para o Campeonato Brasileiro de Pole Sports
Foto: Divulgação
Por Jessica Rosso Em 14/05/2019 às 18:42

Nos dias 15 e 16 de junho será realizado o Campeonato Brasileiro de Pole Sports. A disputa será realizada na cidade de Itajaí, Santa Catarina. Amanhã, restando apenas um mês, a equipe do Sul entra na reta final de preparação para a competição que terá também os pontos somados para o Campeonato Catarinense. No Brasileiro serão 133 apresentações. Participam 130 atletas de dez estados, e além das atletas brasileiras, participam atletas do Chile e Argentina.   

A equipe do Sul é representada pelas atletas de Araranguá Clara Pacheco (categoria Elite Novatos, de 10 a 14 anos), Maisa Coutinho  (categoria Elite Junior, de 15 a 17 anos), Jessica Camargo Quintino (categoria Amador Senior, de 18 a 39 anos), Flavia Luiza Medeiros Bayertorff  (categoria Amador Senior, de 18 a 39 anos). As atletas Clara e Maisa Coutinho também irão competir na categoria Elite Duplas Juvenil, de 10 a 17 anos. Também integra a equipe do Sul, a atleta de Morro da Fumaça Agatha Roecker Rodrigues na categoria Amador Novatos, de 10 a 14 anos.

A treinadora da equipe do Sul Janiere Cunha da Silva, conta que o Pole Sports é uma modalidade de acrobacias e muitas regras. "Muitas pessoas confundem com ginástica rítmica, só que nós usamos uma barra vertical e desafiamos a gravidade". O esporte, segundo ela é regido por um código de 156 páginas. "O atleta precisa treinar muito pra cumprir esse código de arbitragem", afirma. 

(Vídeo: Atleta Maisa Coutinho no Mundial em Tarragona na Espanha)

Janiere conta que a equipe começou a treinar em 2013. "Araranguá é referência no Pole Sports. Fomos as primeiras no Brasil a lançar crianças no campeonato em 2015, já conquistando medalha de ouro na época"

O esporte de alto rendimento, trabalha o ritmo artístico. "Seis meses antes da competição já começamos a nos preparar. Selecionamos os movimentos que são obrigatórios e montamos a coreografia". Este ano, segundo a treinadora, a equipe de arbitragem é do México. Ela revela que mesmo com todos os desafios, a expectativa da equipe é conquistar mais medalhas. " A equipe sempre traz muitas medalhas, sobe muito no pódio devido a grande qualidade técnica. Dividimos pódio com atletas do Rio de Janeiro. Acredito que esse ano não será diferente", pontuou. As atletas Clara Pacheco e Maisa Coutinho já possuem vaga garantida para o Campeonato Mundial, que acontece de 3 a 6 de outubro no Canadá.