InternetData CenterAssinante

Em jogo polêmico, Criciúma perde para o Sport e chega a nove jogos sem vitória na Série B

Tigre levou 1 a 0 na Ilha do Retiro e segue na vice-lanterna da competição
Em jogo polêmico, Criciúma perde para o Sport e chega a nove jogos sem vitória na Série B
Foto: Divulgação/Sport
Por Thiago Hockmüller Em 09/11/2019 às 18:39

Não foi desta vez que o Criciúma encerrou o jejum de vitórias na Série B. Em um confronto equilibrado contra o Sport, na tarde deste sábado, dia 9, o Tigre levou 1 a 0 e deixou a Ilha do Retiro atolado na zona de rebaixamento. Apesar do placar magro, as duas equipes reclamaram de gols mal anulados pela arbitragem, ambos na etapa final. 

Em 19º na tabela de classificação, o Tigre volta à campo na terça-feira, dia 12, quando recebe o Londrina no estádio Heriberto Hülse. Já o Sport, assegurado na segunda colocação e cada vez mais próximo do acesso, visita o Botafogo (SP), na quarta-feira. 

Precisando da vitória para se manter vivo na Série B, o Criciúma encontrou dificuldades para atacar o Sport na Ilha do Retiro. Do outro lado, embalado na competição e contando as rodadas para garantir o acesso, o Leão não deu sossego aos catarinenses. 

No primeiro tempo, o time de Guto Ferreira teve 67% de posse de bola, domínio que se resumiu em boas oportunidades de gol. Mas a primeira boa tentativa foi do Criciúma. Reis cobrou escanteio, Léo Gamalho chegou na bola, mas atirou por cima do gol.  

A resposta dos donos da casa chegou aos 8 minutos. Sander foi ao fundo e cruzou para Hyuri, que furou na tentativa de finalizar. Ele mesmo recuperou a posse e fez novo cruzamento, desta vez para finalização de Guilherme. A bola bateu em Derlan e o Tigre escapou. Aos 11, foi a vez de Charles. O volante aproveitou cruzamento na área do Tigre, só que cabeceou para fora.   

Defensivamente, o Criciúma conseguiu segurar bem os avanços do Sport, sobretudo pelo lado do atacante Guilherme. E a partir dos 20 minutos, o Tigre conseguiu avançar em algumas oportunidades. Em uma delas, Andrew fez boa jogada pelo lado direito, invadiu a área e cruzou buscando a chegada de Reis. O camisa 7 arrematou de voleio, mas errou o alvo e mandou para fora. 

Além de Guilherme, outro que encontrou dificuldade para jogar foi o camisa 9 Hernani. E aos 25, o centroavante levou a pior em uma disputa com Bruno Oliveira, teve afundamento da região malar do rosto esquerdo e deixou o campo substituído por Elton. 

Bombardeio pernambucano 

Mesmo marcando forte, o Criciúma passou trabalho para conter o Sport na reta final do primeiro tempo. Foram, no mínimo, três boas oportunidades criadas pelos pernambucanos.  

Aos 31, Elton tentou surpreender Gianezini arriscando um bonito chute de fora da área. A bola ganhou em altura e se perdeu pela linha de fundo. Dez minutos depois, foi a vez de Leandrinho. O meia aproveitou saída errada de Jean Mangabeira e finalizou para fora. A última foi em novo cabeceio de Charles, aos 44. A bola passou rente à trave. 

De pênalti, Sport abre o placar

Após um primeiro tempo de amplo domínio do Sport, o Criciúma equilibrou o duelo no segundo tempo. Roberto Cavalo promoveu duas alterações logos aos 10 minutos: Wesley e Thales foram substituídos por Reinaldo e Eduardo. 

Aos 12, Léo Arthur aproveitou rebote da defesa carvoeira e chutou rasteiro. Na pequena área, Hyuri desviou para as redes, mas mesmo em posição legal, a arbitragem anulou o gol marcando impedimento. Um minuto depois, o Tigre respondeu. Reis invadiu a área, limpou dois marcadores e finalizou em cima do goleiro.   

O Sport voltou a assustar o Tigre aos 15. Guilherme cruzou na área, a bola tomou a direção do gol e explodiu na trave. Já aos 34, Hyuri caiu na pequena área após disputa com Derlan e o árbitro marcou pênalti para o Sport. Na cobrança, Guilherme bateu com categoria e balançou as redes do Tigre. 

Criciúma tem gol mal anulado 

Atrás no placar, Roberto Cavalo sacou o volante Jean Mangabeira e lançou à campo o atacante Vinicius. Na pressão, o Tigre ainda chegou a empatar o duelo, mas o gol foi mal anulado. Aos 42, Reis bateu falta pelo lado direito, Sandro aproveitou rebatida dentro da área e marcou, o árbitro paralisou o lance para marcar um toque (inexistente) de mão na bola do camisa 3.  

E na sequência, o próprio Sandro fez falta em Hyuri e acabou expulso. Com um a menos, o Criciúma não teve forças para empatar e chegou ao 9º jogo sem vitória na Série B. 

Ficha técnica para Sport 1x0 Criciúma 

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B, 34ª rodada.

Data: Sábado, dia 9 de novembro de 2019.

Local: Ilha do Retiro, em Recife. 

Horário: 16h30min. 

Arbitragem: Wagner Reway (PB) apitou o jogo auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS). 

Cartão amarelo: Sander, Charles (SPO); Reis, Léo Gamalho (CRI). 

Cartão vermelho: Sandro (CRI). 

Gols: Guilherme (36’ 2ºT) (SPO).  

Criciúma: Paulo Gianezini; Derlan, Sandro, Thales (Eduardo) e Bruno Oliveira; Jean Mangabeira (Vinicius), Wesley (Reinaldo) e Foguinho; Reis, Léo Gamalho e Andrew.  

Técnico: Roberto Cavalo 

Sport: Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Charles, Willian Farias (Marquinho), Léo Artur (Leandrinho); Guilherme, Hernani (Elton) e Hyuri. 

Técnico: Guto Ferreira