InternetData CenterAssinante

Criciúma conquista a primeira vitória na Série B e sai da zona de rebaixamento

Com gol de Léo Gamalho, Tigre conquistou os primeiros três pontos
Criciúma conquista a primeira vitória na Série B e sai da zona de rebaixamento
Foto: Jessica Rosso
Por Rafaela Custódio Em 21/05/2019 às 21:25

O Criciúma conquistou a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe tricolor venceu o Guarani na noite desta terça-feira, dia 21, no estádio Heriberto Hülse, pela 5ª rodada. Léo Gamalho, com um chute de fora da área, marcou o único gol da partida. Com a vitória, o tricolor saiu da zona de rebaixamento.

Com os três pontos conquistados, a equipe catarinense agora ocupa a 14º posição e soma cinco pontos. Já o Bugre está em 16º lugar e soma os mesmos pontos do Tigre. O próximo adversário do Criciúma será o Botafogo-SP, no sábado, dia 1º de junho, longe de casa. O Guarani enfrenta o Brasil de Pelotas, em casa.

Primeiro tempo

O Criciúma começou a partida tomando a iniciativa do jogo. Logo no primeiro minuto, Léo Gamalho tocou para Wesley. O volante cruzou na área, mas o zagueiro Xandão afastou o perigo. No lance seguinte, o Tigre voltou a atacar. Deivid faz falta em Eduardo. O lateral-esquerdo Marlon cruzou a bola na área, mas a bola sobrou para o goleiro Giovanni.

Aos 4 minutos, o tricolor chegou mais uma vez na área adversária. Ferreira vacilou na saída de bola e Vinicius recuperou a bola. O atacante tocou para Wesley que cruzou na área pelo lado direito, mas Léo Gamalho deixou a bola passar, a bola sobrou para Marlon. O lateral-esquerdo chegou chutando, mas a bola subiu demais.

O primeiro chute do Guarani veio aos 8 minutos. Após a bola sobrar para Arthur Rezende, o meio-campista chutou, mas a redonda ficou nas mãos do goleiro Paulo Gianezini.

O primeiro gol carvoeiro no Majestoso

Na Série B, o Criciúma precisou de 190 minutos para marcar um gol no Majestoso. Léo Gamalho balançou as redes. Após indecisão no meio-campo, a bola sobrou para o atacante. O atleta tricolor arrancou pela intermediária e chutou de perna direita, o goleiro Giovanni ainda tentou defender, mas sem chances.

Após o gol, o Criciúma continuou pressionando o Bugre. Vinícius foi lançado em profundidade, mas no momento do cruzamento foi travado por Ferreira. Na cobrança do escanteio, Marlon cruzou na área e Sandro de cabeça mandou sem direção.

Aos 18, o Guarani assustou o Criciúma. Arthur Rezende cobrou falta na segunda trave, Giaretta tentou de cabeça, porém errou o cabeceio e a bola bateu na mão do seu companheiro de zaga. A resposta do Tigre veio logo em seguida. Marcos Vinícius arrancou pela direita e cruzou de trivela, mas o zagueiro Ferreira afastou o perigo. Na cobrança do escanteio, Marlon novamente alçou a bola na área, o zagueiro Sandro ganhou da defesa e cabeceou a bola, mas sem êxito.

O Guarani teve mais uma boa oportunidade aos 24. Eder Luis foi derrubado por Sandro e o árbitro da partida assinalou falta na intermediária para o adversário. O meio-campista Arthur Rezende bateu rasteiro e a zaga tricolor afastou o perigo.

O Criciúma voltou a assustar o Bugre com Marcos Vinicius. O atacante Vinícius recebeu pela lado esquerdo e cruzou rasteiro, a bola desviou na zaga e sobrou para o lateral carvoeiro que não conseguiu alcançar a bola. O Tigre teve mais uma oportunidade e novamente Marcos Vinicius desperdiçou. Marlon cruzou pelo lado esquerdo, a bola passou por todo mundo e sobrou com o defensor, ele bateu rasteiro, porém ninguém apareceu para empurrar para o fundo do gol.

Aos 35, Marlon recebeu pela esquerda e cruzou, a bola foi forte demais e saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, Marcos Vinicius foi acionado pela direita e tentou cruzar, mas acabou bloqueado por Xandão. A defesa do Bugre conseguiu afastar o perigo.

Ricardinho recebeu de costas para a marcação e foi derrubado por Derlan aos 42. Na cobrança de falta, Arthur Rezende alçou a bola na área, mas a zaga afastou pela linha de fundo. No escanteio, a zaga carvoeira afastou o perigo novamente.

Segundo Tempo 

O Criciúma perdeu um jogador logo no primeiro minuto da etapa final. Derlan deu uma solada do atleta Deivid e recebeu o segundo amarelo e, consequentemente, o cartão vermelho.

O primeiro ataque do Bugre veio aos 4 minutos. Deivid Souza tocou para Diego Cardoso, que arriscou da entrada da área e a bola passou próximo a trave do goleiro Paulo Gianezini.

A primeira substituição do Criciúma veio aos 8 minutos. Deixou o gramado Maicon e entrou Léo Santos.

Marcos Vinicius arrancou pela direita até a linha de fundo, mas se atrapalhou e a bola saiu pela linha de fundo. O lateral sentiu dores musculares e pediu para sair após o lance de ataque. O volante Liel entrou no lugar do defensor.  

O Tigre voltou assustar com Wesley, aos 17. O volante chegou na intermediária e tentou o chute, mas acabou parado com falta. Na cobrança, Léo Gamalho ficou na barreira, na sobra a zaga afastou para a linha de fundo. Wesley cobrou o escanteio e Léo Santos subiu mais alto que a zaga adversária e cabeceou para o gol, mas o goleiro Giovanni espalmou para a linha de fundo. Na segunda cobrança do escanteio, Wesley novamente colocou na área, entretanto, a defesa do Bugre afastou o perigo.

O Guarani teve uma oportunidade aos 24. Ricardinho recebeu no meio-campo, avançou e chutou no lado esquerdo do goleiro Paulo Gianezini. A bola passou próximo a trave e saiu pela linha de fundo.

O Bugre quase empatou a partida aos 26. Arthur Rezende apareceu pela direita livre e chutou ao gol, Paulo Gianezini espalmou para o meio da área, mas o assistente assinou impedimento do ataque visitante.

Os visitantes voltaram assustar aos 36. Arthur Rezende tocou para Eder Luís. O atacante sozinho dentro da área, chutou no gol, porém a bola saiu pela linha de fundo.

A terceira substituição do Criciúma veio aos 37. Saiu Vinicius e entrou o atacante Andrew.

A noite de Paulo Gianezini

O goleiro tricolor salvou o Criciúma aos 38.  Felipe Amorim fez boa jogada pelo lado esquerdo e tocou para Eder Luís. O atacante recebeu e já chutou forte no gol, o goleiro carvoeiro espalmou para a área e fechou o ângulo de Mateusinho que também chutou, porém a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo.  

O Guarani também teve um jogador expulso aos 41. Mateusinho fez falta em Andrew. Ele já havia recebido o primeiro cartão amarelo e pela falta cometida no atacante carvoeiro recebeu o segundo e consequentemente o cartão vermelho.

Os visitantes não deixaram de atacar. Aos 43, Giaretta encontrou Arthur Rezendo livre. O meio-campista recebeu e chutou de longe, mas a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo.

Ficha Técnica de Criciúma 1 a 0 Guarani 

Data: terça-feira, dia 21;

Horário: 19h15;

Local: Estádio Heriberto Hülse - Criciúma

Arbitragem: A partida foi comandada por Antônio Dib Moraes de Sousa. Ele será auxiliado por Márcio Iglesias Araújo Silva e Alisson Lima Damasceno. O trio é do Piauí.

Cartão amarelo: Derlan 44’ do 1ºT, Vinicius 33’ do 2ºT, Paulo Gianezini 49’ do 2ºT e Léo Gamalho 49’ do 2ºT(CRI); Arthur Rezende 46 do 1ºT, Mateusinho 35’ do 2ºT (GUA);

Cartão Vermelho: Derlan 1 do 2ºT (CRI); Mateusinho 44’ do 2ºT  (GUA);

Gols: Léo Gamalho 10’ do 1ºT(CRI),

Criciúma

Paulo Gianezini; Maicon (Léo Santos), Sandro e Derlan; Marcos Vinícius, Adilson Goiano, Wesley, Eduardo e Marlon; Vinicius (Andrew) e Léo Gamalho.

Técnico: Gilson Kleina

Guarani

Giovanni; Léo Príncipe, Xandão, Ferreira e Giaretta; Deivid (Rondinelly) (Felipe Amorim), Ricardinho, Deivid Souza (Mateusinho), Artur Rezende e Eder Luis; Diego Cardoso.  

Técnico: Vinícius Eutrópio