InternetData CenterAssinante

Artilheiro do Tigre na Série B, Léo Gamalho enfrenta maior seca desde que chegou ao clube

O camisa 99 não marca há 540 minutos na Série B do Campeonato Brasileiro
Artilheiro do Tigre na Série B, Léo Gamalho enfrenta maior seca desde que chegou ao clube
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 19/08/2019 às 08:16

Ninguém tem mais gols com a camisa do Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro do que Léo Gamalho. O atacante de 33 anos já foi às redes quatro vezes nas 16 rodadas iniciais. No momento, porém, o camisa 99 enfrenta uma seca sem gols de nove horas.

O último gol que Léo Gamalho marcou foi no dia 9 de julho, na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, na 9ª rodada. O tento anotado aos 34 da etapa final selou o empate contra os paranaenses. Desde então, ele soma 540 minutos em campo e nenhum gol. É a maior seca desde que chegou ao clube.

Léo Gamalho estreou pelo Tigre em 3 de abril, contra o Joinville, ainda pelo Campeonato Catarinense. Ele precisou de 142 minutos em quatro jogos para marcar o primeiro contra o Avaí, também pelo Estadual. Desde então, os gols viraram rotina e ele chegou a emendar três partidas seguidas marcando contra Atlético Goianiense, Guarani e Vila Nova, já pela Série B.

No momento, Léo Gamalho soma exatamente seis jogos ou nove horas sem balançar às redes. A chance de quebrar essa seca de gols será nesta segunda-feira, dia 19. A partir das 20 horas, o Criciúma, que está em 18º, na zona de rebaixamento, com 17 pontos, recebe o líder Bragantino, no Estádio Heriberto Hülse.