InternetData CenterAssinante

Após a eliminação na Série D, presidente do Peixe afirma: “precisamos de um modelo de jogo do clube”

Próxima competição do Peixe será apenas em setembro
Após a eliminação na Série D, presidente do Peixe afirma: “precisamos de um modelo de jogo do clube”
Foto: CA Tubarão
Por Rafaela Custódio Em 11/06/2019 às 10:39

O Atlético Tubarão foi eliminado na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense ficou em último lugar no grupo A16. Em 18 pontos disputados, o Peixe conquistou apenas quatro. Em seis jogos, venceu uma partida, empatou outra e perdeu em quatro oportunidades. A próxima competição do clube será a Copa Santa Catarina, disputada em setembro.

O presidente do clube do Tubarão, Luiz Henrique Martins Ribeiro afirmou que para a próxima temporada será realizada uma reestrutura. “Precisamos de um modelo de jogo do clube. Uma filosofia de futebol do Tubarão e não um sistema de jogo. Como nós queremos o futebol do Tubarão, para que não ocorra o problema que aconteceu nesse ano, de cada treinador entrar com uma ideia, um conceito, um modelo diferente. Em razão dessas mudanças, tivemos que contratar mais jogadores, dispensar alguns, o elenco acabou ficando inchado. Para o próximo ano, vamos reestruturar a forma de montagem. A ideia é que a gente contrate 16 jogadores de linha e dois goleiros, sendo os demais em formação ou "pré-prontos". Vamos ter uma espinha de atletas que já estejam aqui no clube”, ressaltou.

A direção do Peixe está definindo individualmente a situação de cada jogador com contrato vigente com o clube. O próximo compromisso da equipe profissional é a Copa Santa Catarina, marcada para setembro no calendário da Federação Catarinense de Futebol (FCF). “Nós temos que fazer uma competição muito forte, para melhorar nosso calendário do ano. Entendo que é o único campeonato do ano que temos condições reais de vencer. Não só nós, mas os clubes da parte de baixo da tabela do Catarinense. Temos que brigar pelo título, é necessário, já fomos campeões em 2017. Esse título pode nos dar uma vaga na Copa do Brasil, que é muito importante e relevante”, finalizou o presidente.